Busca avançada
Ano de início
Entree

Detecção e caracterização molecular de agentes Anaplasmataceae, Bartonellaceae, Mycoplasmataceae, Coxiellaceae, Babesiidae e Theileriidae em antas (Tapirus terrestris) de vida livre no Brasil

Processo: 19/26403-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2020
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2024
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Marcos Rogério André
Beneficiário:Anna Claudia Baumel Mongruel
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Doenças transmitidas por vetores   Bactérias gram-negativas   Anaplasmataceae   Bartonellaceae   Mycoplasmataceae   Coxiellaceae   Antas   Brasil

Resumo

A ocorrência de doenças transmitidas por vetores ocorre desde as regiões tropicais e subtropicais até aquelas de clima temperado. Desde o início do século 20, as doenças transmitidas por carrapatos estão em ascensão devido ao aumento das atividades humanas que geram impactos ao meio ambiente e também às espécies de animais selvagens e domésticas. A espécie Tapirus terrestris, popularmente conhecida como anta brasileira, faz parte da ordem Perissodactyla e família Tapiridae. A anta é considerada uma espécie mantenedora da biodiversidade da flora, visto a sua capacidade de dispersar sementes nos territórios onde habita. Um dos únicos relatos envolvendo a detecção de hemoparasitas em antas brasileiras refere-se à detecção molecular de sequência 18S rRNA filogeneticamente associada à Theileria equi em um animal no Estado do Mato Grosso do Sul, o qual apresentava hipertermia, Anemia e Leucocitose. É necessário elucidar possíveis consequências de infecções por patógenos em antas brasileiras, considerando a classificação da espécie como vulnerável. O presente projeto tem como finalidade investigar, por meio de métodos moleculares, a ocorrência de agentes das famílias Anaplasmataceae, Bartonellaceae, Mycoplasmataceae, Coxiellaceae, Babesiidae e Theileriidae amostras de sangue de antas de vida livre no Brasil. Ainda, objetiva-se investigar as relações parasito-hospedeiro e filogenéticas dessas infecções, a fim de procurar responder se a proximidade entre animais selvagens, animais domésticos e seres humanos tem influenciado tais quesitos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)