Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do papel da dinâmica mitocondrial na inflamação induzida pela obesidade

Processo: 20/15399-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2021
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2025
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia
Acordo de Cooperação: Organização Holandesa para a Pesquisa Científica (NWO)
Pesquisador responsável:Pedro Manoel Mendes de Moraes Vieira
Beneficiário:Rodrigo Dias Requião
Instituição Sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:19/19435-3 - Papel de danos no DNA e função mitocondrial em envelhecimento vascular, imune e neurológico (DNA MoVINg), AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):24/01788-5 - Regulação traducional durante ativação de macrófagos, BE.EP.PD
Assunto(s):Imunometabolismo   Mitocôndrias   Inflamação   Obesidade   Macrófagos
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Macrófago | metabolismo | mitocôndria | obesidade | Imunometabolismo

Resumo

O crescente interesse pelo imunometabolismo vem sendo alimentado pela epidemia global de Obesidade e pelo achado recente de que a Obesidade afeta o sistema imunológico e promove a inflamação. A inflamação induzida pela Obesidade origina e agrava uma variedade de condições patológicas crônicas e doenças. O estudo de como o metabolismo afeta a resposta imune e de como a Obesidade, por afetar o metabolismo sistêmico, modula o metabolismo e a função imune celular irá fornecer novos mecanismos para a compreensão da regulação imunometabólica em diferentes condições patológicas. No centro dessa regulação encontram-se as mitocondrias. Essas organelas são altamente dinâmicas e continuamente passam por processos de elongação (fusão) e fragmentação (fissão), o que resulta no remodelamento da função celular. A Obesidade leva a um quadro sistêmico de inflamação de baixo grau e a subsequente resistência a insulina e os macrófagos residentes do tecido adiposo tem um papel central na inflamação induzida pela Obesidade. Contudo, pouco se sabe a respeito do papel da dinâmica mitocondrial na modulação imunometabólica de macrófagos no contexto da Obesidade. Dessa forma, a nossa hipótese é que a inibição da fissão mitocondrial resulte em uma menor ativação de macrófagos residentes do tecido adiposo, o que melhoraria o quadro inflamatório e a sensibilidade a insulina. Assim, o objetivo é determinar como a dinâmica mitocondrial regula o fenótipo de macrófagos tanto em situações fisiológicas quanto patológicas, como a Obesidade. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)