Busca avançada
Ano de início
Entree

Envolvimento do receptor nicotínico alfa-7 (±7nAChR) do hipocampo e córtex pré-frontal nas respostas comportamentais e plásticas decorrentes do consumo de dieta hiperlipídica

Processo: 22/08010-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2022
Vigência (Término): 31 de julho de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Marcio Alberto Torsoni
Beneficiário:Gabriela Pandini Silote
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Limeira , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07607-8 - CMPO - Centro Multidisciplinar de Pesquisa em Obesidade e Doenças Associadas, AP.CEPID
Assunto(s):Endocrinologia   Obesidade   Depressão   Inflamação   Receptor nicotínico de acetilcolina alfa7   Hipocampo   Córtex pré-frontal   Dieta hiperlipídica

Resumo

A obesidade e o transtorno depressivo são considerados sérios problemas de saúde que apresentam as altas taxas prevalência e morbimortalidade. A obesidade está associada com o aumento da prevalência e severidade do transtorno depressivo, e essa associação ocorre de forma bidirecional. No entanto, os mecanismos moleculares envolvidos na associação do transtorno depressivo com a obesidade não foram elucidados. Contudo, vários estudos apontam que aspectos imunes e inflamatórios estão envolvidos em ambas condições. Vários estudos mostram um aumento nos níveis plasmáticos de citocinas pró-inflamatórias tais como, interleucina 6 (IL-6), interleucina 1 beta (IL-1²), fator de necrose tumoral alfa (TNF-±) e aumento da ativação da micróglia que pode contribuir com o agravamento da resposta inflamatória ao nível central na obesidade e na depressão. O sistema colinérgico desempenha um importante papel na inflamação. Vale salientar que em ambas as patologias há um déficit na resposta anti-inflamatória mediada pelo o receptor nicotínico alfa-7 (±7nAChR). Estudos anteriores revelaram que a dieta hiperlipídica (HFD) aumentou a expressão de mediadores pró-inflamatórios no hipotálamo, promoveu o acúmulo de micróglias e astrócitos, e reduziu a expressão do receptor ±7nAChR na mesma região cerebral após 3 dias de consumo de dieta hiperlipídica. No entanto, nenhum estudo investigou o envolvimento da resposta modulatória do receptor ±7nAChR no transtorno depressivo associado ao consumo da dieta hiperlipídica. O nosso objetivo será investigar o envolvimento do receptor ±7nAChR localizados no hipocampo (HPC) e córtex pré-frontal (PFC) nas alterações comportamentais, metabólicas, endócrinas, inflamatórias e plásticas induzidas pelo consumo de dieta hiperlipídica. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)