Busca avançada
Ano de início
Entree

Os impactos dos tratamentos de FSH e LH no crescimento final do folículo dominante em um protocolo de inseminação artificial em tempo fixo em vacas Zebu de corte

Processo: 23/00864-7
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 25 de maio de 2023
Vigência (Término): 24 de novembro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Guilherme Pugliesi
Beneficiário:Ana Clara Degan Mattos
Supervisor: George Allen Perry Jr.
Instituição Sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Texas A&M University, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:21/12256-6 - Influência das gonadotrofinas coriônicas equina (eCG) e humana (hCG) no desenvolvimento do corpo lúteo e taxa de prenhez em receptoras de embrião bovino, BP.MS
Assunto(s):Folículo ovariano   Hormônio foliculoestimulante   Inseminação artificial em tempo fixo   Hormônio luteinizante   Gado Zebu
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Crescimento folicular | Fsh | Iatf | Lh | Reprodução da fêmea bovina

Resumo

O sucesso gestacional em bovinos depende de vários fatores, sendo um deles o diâmetro do folículo dominante no momento da inseminação artificial em tempo fixo (IATF), assim, fica evidente a necessidade de estratégias para aumentar o diâmetro folicular em fêmeas bovinas para melhorar os resultados, como o uso de eCG em protocolos de IATF. No entanto, nos Estados Unidos, esse hormônio não é comumente utilizado, logo a suplementação de fêmeas com uma combinação de FSH e LH pode ser uma estratégia de substituição de eCG benéfica para a indústria de gado de corte americana. Diante disso, a tese central do projeto é que a associação de FSH e LH melhora o diâmetro folicular, a taxa de ovulação, a expressão de estro e a prenhez por IATF (P/IATF) em vacas de corte paridas resultando em maior eficiência reprodutiva. Assim, o objetivo principal é avaliar os efeitos desses hormônios em protocolos de sincronização da ovulação, analisando o diâmetro do folículo dominante, a expressão do estro, as concentrações de estradiol, LH e progesterona e P/IATF em vacas de corte paridas. Para isso, no presente estudo, 100 vacas paridas da raça Brahman receberão um protocolo com CIDR de 6 dias e PGF2a e serão distribuídas aleatoriamente em quatro grupos experimentais: Grupo controle (n = 20; sem tratamento adicional); Grupo FSH (n = 20; injeção de 20 mg de FSH [Folltropin, i.m; Bioniche, Canadá] no dia -3; onde dia 0 = momento da IATF); Grupo LH (n = 20; injeção de 150 ¼g de LH [Lutropin, i.m; Vetrepharm Canada] no dia -0,5); Grupo FSH+LH (n = 20; injeção de 20 mg de FSH no dia -3 e 150 ¼g de LH no dia -0,5). Amostras de sangue serão coletadas em momentos específicos e será feito o acompanhamento do crescimento do folículo dominante até seu momento de ovulação, além disso, será avaliada a expressão de estro e P/IATF. O método inovador aqui proposto possibilitará a aquisição de novos conhecimentos sobre a fisiologia reprodutiva da fêmea bovina e aumentará a eficiência reprodutiva nos Estados Unidos, país que não utiliza eCG, resultando em maior número de bezerros nascidos por ano, otimizando as áreas da pecuária americana. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)