Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da interação entre Gasdermina-D e HIF-1 alfa no controle da infecção pelo Toxoplasma gondii

Processo: 23/10401-4
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2023
Vigência (Término): 31 de julho de 2025
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Karina Ramalho Bortoluci
Beneficiário:Rafael Queiroz de Souza
Instituição Sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Imunometabolismo   Inflamassomos   Toxoplasma gondii
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Gasdermina D | HIF-1 alfa | Imunometabolismo | inflamassomas | Toxoplasma gondii | Imunologia

Resumo

Os inflamassomas são complexos citoplasmáticos multiproteicos capazes de ativar a caspase-1, quepor sua vez, cliva pró-IL-1 beta, pró-IL-18 e Gasdermina-D (GDSMD). A GSDMD é capaz de formarporos na membrana celular resultando na secreção das formas ativas de IL-1 beta e IL-18 e na indução de morte celular por piroptose. Diversos inflamassomas são ativados durante a infecção por T. gondii, resultando na indução de piroptose e secreção de IL-1 beta e IL-18, importantes para o controle desse protozoário. Os macrófagos, que desempenham um papel importante na restrição do T. gondii, apresentam uma reprogramação metabólica voltada para a glicólise aeróbica e interrupção do ciclo de Krebs. A ativação do fator de transcrição HIF-1 alfa está envolvida nessa reprogramação metabólica e tem sido associada à ativação dos inflamassomas em condições hipóxicas. Na infecção pelo T. gondii, o fator de transcrição HIF-1 alfa é estabilizado e ativado, impactando o crescimento e sobrevivência do patógeno. Apesar das evidências do papel de HIF-1 alfa na ativação dos inflamassomas e indução da piroptose, pouco se sabe a respeito da influência dos inflamassomas e seus mecanismos efetores na estabilização de HIF-1 alfa e alteração metabólica de macrófagos diante de infecções intracelulares. Assim, esse trabalho busca estudar a influência da GSDMD no imunometabolismo de macrófagos, especialmente na estabilização de HIF-1 alfa e seu impacto para a resistência contra a infecção por T. gondii trazendo assim uma contribuição para o entendimento dos mecanismos envolvidos na interação patógeno-hospedeiro.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)