Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de açúcar de diferentes tipos utilizando uma língua eletrônica

Processo: 06/02228-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2007
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2008
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Aldo Eloizo Job
Beneficiário:Fernanda Lanzoni Migliorini
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Açúcar   Filmes ultrafinos   Espectroscopia Raman   Língua eletrônica   Sensores

Resumo

O presente projeto tem como objetivo utilizar filmes ultrafinos de diferentes materiais como unidades sensoriais em um dispositivo comumente chamado de "língua eletrônica", na avaliação de açúcares de diferentes tipos produzidos pela usina UNIVALEM do grupo COSAN, que é hoje um dos maiores produtores de açúcar, álcool e derivados do mundo (www.cosan.com.br), com uma unidade localizada no município de Valparaiso no estado de São Paulo, desde 1976. Esse dispositivo tem como princípio de funcionamento a avaliação de sistemas líquidos através do conceito de seletividade global, ou seja, os materiais transdutores que formam as unidades sensoriais não são específicos a nenhuma espécie química dispersa em solução, em analogia com o que ocorre na língua humana, formando um espectro global do líquido analisado, como se fosse uma impressão digital. O fato da sacarose não formar um eletrólito é geralmente um empecilho para esse tipo de sensoriamento devido às técnicas de medida utilizadas, geralmente voltametria cíclica e amperometria, mas com a utilização de filmes nanoestruturados e espectroscopia de impedância elétrica conseguem-se a detecção de açúcar em concentrações molares mil vezes abaixo do limite de sensibilidade biológico (na ordem de 10 mM). Essa é a principal motivação para o projeto proposto, que ainda faculta o intercâmbio entre universidade e empresa, já que uma avaliação rápida do açúcar na etapa final de seu processo de fabricação é de fundamental importância para as usinas em geral. Outro ponto a favor é o fato de estarmos desenvolvendo em nosso grupo de pesquisa um protótipo de baixo custo para a "língua eletrônica" que viabilizará sua aplicação em medidas de campo. A união dos pesquisadores do nosso departamento possibilita a orientação em conjunto nas áreas que o nosso grupo de pesquisa se concentra. Este projeto faz parte do projeto Jovem Pesquisador desenvolvido pelo Dr. Antonio Riul Jr. e também está relacionado com o projeto de mestrado da estudante Wanessa Steluti referente processo FAPESP No 05/03637-3 sob nossa orientação. (AU)