Busca avançada
Ano de início
Entree

Preparo e caracterização de filems de TiO2

Processo: 05/52713-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2005
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2006
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Edson Roberto Leite
Beneficiário:Daniel Grando Stroppa
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:98/14324-0 - Multidisciplinary Center for Development of Ceramic Materials, AP.CEPID
Assunto(s):Filmes finos   Dióxido de titânio

Resumo

Com o intuito de avaliar e otimizar o processo de obtenção de filmes finos de TiO2, serão estudados dois processos distintos de síntese e deposição. O primeiro, método dos precursores poliméricos, é baseado na síntese de uma solução, que depois de depositada por 'spin coating' e tratada termicamente, formará um filme sobre o substrato utilizado. Este método apresenta como vantagens a simplicidade, o baixo custo e o controle da composição química. O segundo, método da decomposição de peróxidos, visa a obtenção de um complexo inorgânico na forma de gel, que posteriormente será depositado sobre substratos de FTO por "tape casting". Por ser um método pouco estudado e de possível aplicabilidade, dada a simplicidade de síntese e baixo custo, será avaliado por uma série de caracterizações microestruturais, como AFM para a verificação de porosidade e tamanho de grão, DRX para a verificação da fase da estrutura cristalina do óxido formado e MEV para a avaliação da espessura dos filmes. Serão comparadas as características dos diferentes filmes obtidos em função do método de síntese utilizado e dos parâmetros de variação em cada método, como diluição da solução e velocidade de rotação durante a deposição no método dos precursores poliméricos ou a diluição do gel e o número de camadas depositadas no método de decomposição de peróxidos. Espera-se a obtenção de filmes transparentes de TiO2 monofásico (anatase), porosos e com grãos manométricos, para uma possível aplicação em células solares. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.