Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do problema da blindagem de debye-huchel em plasmas utilizando o softwore Mathematica

Processo: 08/55778-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2009
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física dos Fluídos, Física de Plasmas e Descargas Elétricas
Pesquisador responsável:Roberto Antonio Clemente
Beneficiário:Vinícius Njaim Duarte
Instituição-sede: Instituto de Física Gleb Wataghin (IFGW). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil

Resumo

Será estudado o problema clássico da blindagem de Debye-Hückel em plasmas no equilíbrio térmico, tanto em geometria cartesiana como em cilíndrica e esférica. As soluções da equação diferencial ordinária não linear correspondente serão obtidas utilizando o software Mathematica, para casos em que a energia potencial das partículas possa ser maior que a energia cinética média das mesmas. Os resultados serão comparados com as soluções aproximadas comumente mostradas nos textos. Também será abordado o problema, dentro de um modelo unidimensional, de um plasma sem colisões no qual as partículas podem ser divididas entre aprisionadas e não aprisionadas. As soluções podem ser expressas em termos dos invariantes do movimento. Em particular será considerada a possibilidade de se utilizar o invariante relacionado ás variáveis ângulo ação para as partículas aprisionadas e com isso eventualmente reformular a equação de Poisson correspondente e obter suas soluções numericamente. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DUARTE, V. N.; CLEMENTE, R. A. Electron inertia effects on the planar plasma sheath problem. Physics of Plasmas, v. 18, n. 4 APR 2011. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.