Busca avançada
Ano de início
Entree

Utilização de bioensaios ecotoxicológicos com Danio rerio e análises limnológicas para a avaliação da qualidade dos ecossistemas aquáticos na bacia hidrográfica dos rios Itaqueri/Lobo (Itirapina/Brotas, SP)

Processo: 09/17067-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2010
Vigência (Término): 30 de junho de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Evaldo Luiz Gaeta Espindola
Beneficiário:Letícia Franco Leonel
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Qualidade da água   Danio rerio   Monitoramento biológico   Ecotoxicologia

Resumo

Os bioensaios de toxicidade são atualmente considerados um instrumento indispensável na análise da saúde dos ecossistemas, pois se fundamentam na utilização de organismos vivos que são diretamente afetados por desequilíbrios eventualmente ocorridos nos corpos d'água ou sistemas terrestres, causados por alguma fonte de poluição. Desta forma, os ensaios ecotoxicológicos são um complemento às análises químicas, as quais apenas identificam e quantificam as substâncias na água e no sedimento, possibilitando, por meios de testes agudos e crônicos, avaliar os possíveis danos à biota aquática. Considerando o acima exposto, este projeto de pesquisa tem por objetivo avaliar a toxicidade de sistemas lóticos e lênticos que compõem a bacia hidrográfica dos rios Itaqueri/Lobo, principais formadores do reservatório do Lobo (Itirapina/Brotas, SP), por meio da coleta de amostras de água e sedimento nos períodos seco, chuvoso e intermediários, em 17 estações de amostragens, utilizando a espécie Danio rerio como organismo-teste. De forma complementar aos estudos ecotoxicológicos, serão coletadas amostras de água e sedimento para a caracterização ambiental (análises físicas, químicas e biológicas) dos ecossistemas aquáticos, possibilitando, ao final, o estabelecimento de relações entre usos e ocupação da bacia hidrográfica e os possíveis danos a biota aquática.