Busca avançada
Ano de início
Entree

Genômica estrutural e funcional da região LEE (Locus of Enterocyce Effacemet) de grupos clonais de (Escherichia coli) enteropatogênica EPEC

Processo: 02/03389-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de julho de 2002
Vigência (Término): 31 de agosto de 2003
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Rogéria Keller
Beneficiário:Vanessa Bueris
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Escherichia coli enteropatogênica   Análise de sequência de DNA   Análise de sequência com séries de oligonucleotídeos   Genômica

Resumo

As Escherichia coli enteropatogênicas (EPEC) estão entre os patógenos mais freqüentemente envolvidos em casos de diarréia, principalmente em crianças com menos de 1 ano de idade. Elas formam um grupo composto por clones relacionados, denominados clone 1 e clone 2, e por amostras de EPEC atípicas. A principal característica de sua patogênese é a formação de uma lesão histopatológica no epitélio intestinal denominada "attaching and effacing" (A/E). Os genes envolvidos na formação desta lesão encontram-se agrupados em uma ilha de patogenicidade cromossômica denominada região LEE ("Locus of enterocyte effacement"). Entre as diferentes amostras de EPEC, alguns genes da região LEE são conservados enquanto outros apresentam uma maior heterogeneidade. O seqüênciamento da região LEE de EPEC 2 fornecerá informações para a confecção de um microarray de LEE para avaliar e identificar as diferentes amostras de EPEC. (AU)