Busca avançada
Ano de início
Entree

Silenciamento do gene da alpha haemoglobin stabilizing protein (AHSP) em células eritropoéticas

Processo: 03/05363-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2003
Vigência (Término): 30 de novembro de 2004
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Fernando Ferreira Costa
Beneficiário:Aida Gomes de Freitas
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Interferência de RNA

Resumo

As síndromes talassêmicas constituem um grupo heterogêneo de doenças genéticas causadas por mutações que afetam a síntese de uma ou mais cadeias globínicas, designadas de acordo com o tipo de cadeia cuja síntese esta prejudicada. Nas beta-talassemias ocorre supressão parcial ou total das cadeias beta, o que provoca excesso de subunidades livres de alfa-globinas são instáveis, insolúveis e formam agregados chamados corpos de inclusão, responsáveis pela destruição de precursores eritróides (Nathan, 1993; Stamatoyannopoulos, 2001 e Weatherall, 2001). Os homozigotos para a beta-talassemia que apresentam anemia grave, necessitam de transfusões sangüíneas regulares, o que produz acúmulo de ferro no organismo, afetando principalmente o fígado, o coração e as glândulas endócrinas (Stamatoyannopulos, 2001 e Weatherall, 2001). Recentemente foi descrito o gene AHSP que pode ter participação na síntese de hemoglobina. A proteína produzida por este gene forma um complexo estável quando ligado a -globinas livres, funcionando como uma "chaperone" molecular (Kihm, 2001). O papel desta proteína nas síndromes talassêmicas ainda não esta determinado, embora possa ser previsto que ela pode desempenhar função importante quando existe excesso de alfa como nas beta-talassemias. Baseados nesses dados propomos neste projeto o estudo do efeito da supressão expressão do gene AHSP pela técnica de silenciamento gênico por RNAi em culturas de células mononucleares do sangue periférico; obtidas a partir do sangue de doadores saudáveis, atendidos no ambulatório do Hemocentro da UNICAMP. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FREITAS, Aida Gomes de. Estudo do gene AHSP ( Alpha Haemoglobin Stabilizing Protein) em celulas eritropoeticas. 2005. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Ciências Médicas.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.