Busca avançada
Ano de início
Entree


Desenvolvimento e aplicação de um novo método de extração de resíduos de antibióticos presentes em carne de frango

Texto completo
Autor(es):
Vinicius Adriano Coelho
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: Ribeirão Preto.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto
Data de defesa:
Membros da banca:
Fernando Barbosa Junior; Andrés Dobal Campíglia; Jonas Augusto Rizzato Paschoal
Orientador: Fernando Barbosa Junior
Resumo

A avicultura de corte brasileira tem apresentado elevados índices de crescimento. No intuito de garantir uma maior eficiência da produção de aves, medicamentos veterinários são administrados para tratamento e prevenção de doenças. A coccidiose é uma dessas doenças, a qual é causada por várias espécies do protozoário do gênero Eimeria. Os poliéteres ionóforos são antibióticos largamente administrados no controle desses microrganismos. No entanto, a administração contínua de doses subterapêuticas dessa classe de fármacos pode acarretar no acúmulo de resíduos nos tecidos dos frangos de corte. No intuito de garantir a segurança dos consumidores, são definidos Limites Máximos de Resíduos (LMRs) por órgãos internacionais como: Food and Drug Administration (FDA), Commission Regulation, Codex Alimentarius; e nacionais como Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA). Dessa forma, este estudo teve por objetivo o desenvolvimento, validação e aplicação de um método para determinação em peito de frango de resíduos de Lasalocida (LAS), Monensina (MON), Salinomicina (SAL) e Narasina (NAR) por cromatografia líquida acoplada a espectrometria de massas sequencial com ionização por eletrospray (LC-ESI-MS/MS). Nigericina (NIG) foi utilizada como padrão interno do método analítico. As amostras foram liofilizadas, trituradas e tamisadas, sendo utilizadas no método amostras com tamanho de partículas entre 125 ?m e 250 ?m. Os resíduos foram extraídos com metanol e uma alíquota do extrato foi evaporada e reconstituída para análise em LC-ESI-MS/MS no modo positivo de monitoramento de reação selecionada (SRM). A etapa de clean up foi realizada por meio de filtração do extrato em membrana de PTFE 0,22 ?m. O método apresentou-se linear no intervalo de concentração de 0,0 a 40,0 ?g kg-1 para LAS, de 0,0 a 20,0 ?g kg-1 para MON, de 0,0 a 200,0 ?g kg-1 para SAL e de 0,0 a 30,0 ?g kg-1 para NAR. Para todos os antibióticos o coeficiente de correlação linear (r) esteve de acordo com as diretrizes para métodos bioanalíticos (r >= 0,98). A repetitividade foi avaliada em três concentrações de fortificação para cada antibiótico ionóforo, sendo realizada em três dias consecutivos. Foi obtida boa reprodutibilidade intralaboratorial, com coeficiente de variação (CV) de 4,5% para NAR (22,5 ?g kg-1) e 15,2% para LAS (10,0 ?g kg-1). A recuperação ficou acima de 90,0% para todos os antibióticos, sendo de 91,5% para LAS (10,0 ?g kg-1) e 99,1% para MON (15 ?g kg-1). Valores satisfatórios para o limite de decisão (CC?) e capacidade de detecção (CC?) foram obtidos, sendo CC? de 11,8 ?g kg-1 e 115,2 ?g kg-1 para MON e SAL, respectivamente, e CC? de 13,6 ?g kg-1 e 130,3 ?g kg-1 para os mesmos antibióticos. Os limites de detecção (LD) e os limites de quantificação (LQ) foram determinados a partir de dados da curva de calibração. Todos os antibióticos apresentaram LQ inferior ao seu respectivo LMR. O método foi aplicado em 18 amostras disponíveis comercialmente em Ribeirão Preto, SP. De todas as amostras analisadas apenas uma apresentou resíduo de NAR com concentração acima do seu respectivo LD. (AU)

Processo FAPESP: 12/02511-0 - Desenvolvimento e aplicação de um novo método de extração de resíduos de antibióticos presentes na carne de frango e ovos
Beneficiário:Vinicius Adriano Coelho
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado