Busca avançada
Ano de início
Entree


Efeito do 1,31,6 beta-glucano no sistema imune de cadelas submetidas a ovário-histerectomia

Texto completo
Autor(es):
Leandro Zaine
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias.
Data de defesa:
Membros da banca:
Mirela Tinucci Costa; Silvio Luis de Oliveira; Lucia Helena Faccioli; Ricardo Souza Vasconcellos
Orientador: Aulus Cavalieri Carciofi; Hélio José Montassier
Resumo

Estudos sobre os possíveis efeitos de beta-glucanos sobre a resposta imune têm sido realizados há muito tempo, pois a imunomodulação que eles podem causar pode auxiliar na resistência a doenças e, até mesmo, tumores. Assim sendo, foram realizados dois experimentos para avaliar a ação de um beta-glucano derivado da parede celular de levedura sobre parâmetros imunológicos na espécie canina. O experimento 1 avaliou a ação ex vivo do composto, leucócitos caninos receberam 3 doses de beta-glucano e foi encontrado que a substância estimulou, de maneira dose-dependente, a produção de espécies reativas do oxigênio e nitrogênio, em neutrófilos e monócitos. O experimento 2 estudou a ação da substância sobre parâmetros imunes de cadelas submetidas a uma situação de imunossupressão: anestesia e cirurgia de castração. Foram utilizadas 28 cadelas adultas de diferentes raças e divididas em três grupos: controle (CT – n=10), suplementadas com 0,1% de beta-glucano na dieta extrusada (BG-E – n=9) e suplementadas com a mesma dose, mas administrada em cápsulas (BG-C – n=9). As avaliações foram realizadas em quatro períodos, 14 dias antes da cirurgia, pré-operatório imediato, pós-operatório imediato e 14 dias após a cirurgia. Os testes realizados para se investigar os efeitos deste nutracêutico foram avaliação hematológica, imunofenotipagem de leucócitos periféricos, avaliação de fagocitose de leucócitos periféricos, dosagem de citocinas em sobrenadante de cultura de células mononucleares, determinação da produção de intermediários reativos do oxigênio (H2O2) e nitrogênio (NO), e dosagem de proteína-C reativa sérica. O tratamento BG-C levou a uma maior porcentagem de fagocitose de monócitos. Apenas as cadelas do grupo controle tiveram uma tendência a aumento da concentração de proteína C-reativa após a cirurgia. O procedimento cirúrgico foi capaz de alterar o número de células e função ... (AU)

Processo FAPESP: 11/10641-8 - Avaliação do efeito de beta-1,3/1,6-glucano em cadelas sob imunossupressão induzida por trauma cirúrgico de ovariosalpingohisterectomia
Beneficiário:Leandro Zaine
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado