Busca avançada
Ano de início
Entree


Alienação das práticas alimentares e urbanização: uma análise da alimentação da classe trabalhadora em São Paulo

Texto completo
Autor(es):
José Raimundo Sousa Ribeiro Júnior
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Data de defesa:
Membros da banca:
Amelia Luisa Damiani; Flavia Elaine da Silva Martins; Ana Cristina Arantes Nasser; Ariovaldo Umbelino de Oliveira; Odette Carvalho de Lima Seabra
Orientador: Amelia Luisa Damiani
Resumo

Essa pesquisa tem como objetivo avançar na compreensão dos problemas relacionados à alimentação da classe trabalhadora. Para isso, tomamos como ponto de partida a crítica ao conceito de segurança alimentar e ressaltamos como sua aplicação em políticas nacionais e internacionais não resultou na erradicação da fome. Em seguida, buscamos superar uma compreensão redutora da alimentação (que define-a como uma necessidade elementar ou biológica) por meio da consideração das práticas alimentares (produzir, adquirir, preparar e consumir os alimentos). Neste percurso, ressaltamos que considerar a reprodução das relações sociais capitalistas é indispensável para a compreensão da alienação que caracteriza tais práticas. Na segunda parte da tese passamos a considerar o processo de urbanização da metrópole paulistana, com o objetivo de explicitar como a segregação espacial interfere na reprodução da classe trabalhadora e consequentemente na maneira como ela realiza suas práticas alimentares. Destacamos a importância do conceito de urbanização crítica, fundamental para a interpretação da reprodução da classe trabalhadora na cidade e tomamos dois recortes espaciais (Brás e Grajaú) como meio de aprofundar a análise das práticas alimentares em São Paulo. Por fim, no último capítulo identificamos as dificuldades e os constrangimentos que caracterizam as práticas alimentares dos trabalhadores entrevistados e destacamos formas específicas de lidar cotidianamente com a falta de alimentos e a fome. (AU)

Processo FAPESP: 12/11538-9 - Alimentação e proletarização: um estudo sobre urbanização crítica e vida cotidiana nos distritos do Brás e do Grajaú (São Paulo)
Beneficiário:Jose Raimundo Sousa Ribeiro Junior
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado