Busca avançada
Ano de início
Entree


Determinação da composição química da radiação cósmica primária com o Observatório Pierre Auger

Autor(es):
Peixoto, Carlos José Todero
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: Campinas. [2003]. xix, 100 f., gráficos, ilustrações, tabelas.
Instituição: Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Física Gleb Wataghin
Data de defesa:
Membros da banca:
Escobar, Carlos Ourívio; Shellard, Ronald Cintra; Chinellato, Carola Dobrigkeit
Orientador: Escobar, Carlos Ourívio
Área do conhecimento: Ciências Exatas e da Terra - Física
Indexada em: Base Acervus-UNICAMP; Biblioteca Digital da UNICAMP
Instituição como tema: Observatório Pierre Auger
Localização: Universidade Estadual de Campinas. Biblioteca Central Cesar Lattes; P359d; Universidade Estadual de Campinas. Biblioteca do Instituto de Física Gleb Wataghin; P359d
Resumo

A compreensão da radiação cósmica - a saber: os mecanismos de produção/aceleração e os processos de propagação - passa pela determinação de três grandezas: a energia dessa radiação, sua direção de chegada e sua composição química. Essas três frentes de trabalho desafiam a experiência, a capacidade e a responsabilidade de vários grupos de físicos de partículas do mundo todo. Este trabalho se refere à composição do primário da radiação cósmica no âmbito da Colaboração Auger. Ele não tem a ambição de encontrar uma técnica definitiva para a obtenção deste parâmetro. Aliás, determinar a composição química do primário é algo difícil, tendo em vista a dependência de modelos de interação hadrônica e a impossibilidade (atual) de sua caracterização¸ são evento a evento. Dos vários parâmetros usados para se estimar essa composição, tentamos analisar cinco deles: Xmax, t10-50 , t50-90 ,t10-90 , Plocal. Estes foram obtidos por meio de simulação¸ de Monte Carlo, através dos códigos CORSIKA e AIRES. A rede de detectores de superfície foi simulada usando-se o programa SAMPLE. Os resultados das simulações foram comparados, quando possível, a dados experimentais fornecidos pelo Engineering Array do sítio sul do Observatório Auger. (AU)

Processo FAPESP: 00/00723-2 - Estudo da composição química da radiação cósmica com o Observatório Pierre Auger
Beneficiário:Carlos Jose Todero Peixoto
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado