Busca avançada
Ano de início
Entree


Efeito dos ácidos graxos sobre a via de sinalização da interleucina-2 em linfócitos humanos.

Texto completo
Autor(es):
Renata Gorjão
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas
Data de defesa:
Membros da banca:
Rui Curi; Ana Maria Pita Lottenberg; Sonia Jancar Negro; Silvana Auxiliadora Bordin da Silva; Francisco Garcia Soriano
Orientador: Rui Curi
Resumo

Neste estudo investigamos os efeitos dos ácidos graxos sobre a função e sinalização intracelular de linfócitos humanos. Os ácidos oléico (OA) e linoléico (LA), em baixas concentrações, estimularam a proliferação celular induzida pela IL-2 através do aumento da fosforilação da proteína PKC-<font face=\"symbol\">Z que levou a um aumento da fosforilação de ERK 1/2. Já os ácidos palmítico (PA), esteárico (SA), DHA e EPA diminuíram a proliferação destas células e inibiram a fosforilação de JAK1 e 3, STAT5, ERK e Akt. Os resultados obtidos são sugestivos de que o efeito inibitório promovido por PA, SA, DHA e EPA sobre a proliferação de linfócitos ocorreu devido à diminuição da fosforilação de proteínas fundamentais para a proliferação celular. Por outro lado, OA e LA estimularam a proliferação de linfócitos aumentando a fosforilação de ERK 1/2 através da ativação de PKC-<font face=\"symbol\">Z, efeito dependente da PI3K. O efeito inibitório promovido pelo DHA está associado a uma alteração na quantidade de lipid rafts na membrana plasmática nos quais o receptor de IL-2 está localizado. (AU)

Processo FAPESP: 04/04020-7 - Efeito dos ácidos graxos sobre a via de sinalização da interleucina 2 em linfócitos humanos
Beneficiário:Renata Gorjao
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado Direto