Busca avançada
Ano de início
Entree


Propriedades físicas do solo relacionadas à produtividade de culturas sob sistemas de manejo

Texto completo
Autor(es):
Dácio Olibone
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: Botucatu. 151 f.
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciencias Agronomicas (Campus de Botucatu).
Data de defesa:
Membros da banca:
Morel de Passos e Carvalho; Paulo Leonel Libardi; Álvaro Pires da Silva; Juliano Carlos Calonego
Orientador: Ciro Antonio Rosolem
Resumo

A rotação de culturas e a manutenção de resíduos culturais sobre a superfície do solo durante parte ou todo o ano podem aumentar o potencial deste em armazenar água pelas melhorias físicas e físico-hídricas. Neste sentido, objetivou-se com este trabalho estudar o comportamento de três sistemas de rotação de culturas quanto as propriedades físicas e físico-hídricas de um Nitossolo Vermelho de textura argilosa sob Sistema de Semeadura Direta com e sem escarificação inicial. O sistema de rotação de culturas foi implantado na safra de 2005/2006 como segue: (1) milheto / soja / sorgo / milho / sorgo / soja (2) milheto / soja / Brachiaria / milho + Brachiaria / soja, e (3) milheto / soja / mamona + Brachiaria / milho + Brachiaria / Brachiaria + mamona / soja. O experimento foi conduzido na Fazenda Experimental Lageado (Botucatu-SP), nos anos agrícolas de 2005/2006, 2006/2007 e 2007/2008. O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso com quatro repetições em esquema de parcelas subdivididas. Foram consideradas parcelas aquelas cultivadas em SSD com e sem escarificação, e subparcelas as cultivadas em sistemas de rotação. A escarificação do solo foi realizada inicialmente após a aplicação do corretivo de acidez no primeiro ano (08/2005). Foram coletadas amostras de raízes, tanto das espécies de cobertura como do milho e da soja, nas profundidades de 0,00-0,05, 0,05-0,10, 0,10-0,20, 0,20-0,40 e 0,40-0,60 m. As raízes das plantas de cobertura foram amostradas antes da dessecação química. Já as raízes do milho e da soja foram respectivamente amostradas na linha e na entrelinha de semeadura, quando as culturas apresentavam-se em estádio de pleno florescimento e R2. Para determinar a densidade do solo, a macroporosidade e a 2 microporosidade, a porosidade total e a curva característica da água do solo, foram coletadas... (AU)

Processo FAPESP: 05/52891-0 - Propriedades física e físico-hídricas de um Nitossolo Vermelho sob diferentes sistemas de rotação
Beneficiário:Dácio Olibone
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado