Busca avançada
Ano de início
Entree


Produção de forragem e de sementes de Brachiaria decumbens Stapf em função da adubação com nitrogênio e fósforo e cultura antecessora

Texto completo
Autor(es):
Simone Aparecida de Oliveira
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: Ilha Solteira. 87 f.
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Engenharia (Campus de Ilha Solteira).
Data de defesa:
Membros da banca:
João Nakagawa; Edson Lazarini
Orientador: Marco Eustáquio de Sá
Resumo

Neste trabalho, estudou-se o efeito da adubação com nitrogênio e fósforo e da sucessão de culturas como forma para o aumento da produção e qualidade de sementes e forragem em Brachiaria decumbens. Para tanto, foi instalado um experimento na Fazenda de Ensino e Pesquisa da FE/ UNESP - Câmpus de Ilha Solteira, localizada em Selvíria - MS, utilizando-se as culturas do milheto, do sorgo granífero, do guandu anão, do nabo forrageiro e o pousio, antes da implantação da Brachiaria decumbens. As quatro culturas foram implantadas em maio de 2000, e posteriormente (após a retirada destas culturas) foi implantada a cultura da Brachiaria decumbens. Foram utilizados três níveis de adubação fosfatada (0, 1- dose recomendada pelo Boletim 100 e 2- o dobro da recomendada) e dois níveis de adubação nitrogenada (0- sem e 1- 40 kg ha-1). Foram realizadas avaliações de: matéria seca das plantas, teor de macronutrientes (N, P, K, Ca, Mg e S) e produção de grãos para as culturas de guandu anão, milheto, nabo forrageiro, pousio e sorgo granífero; matéria seca das plantas, produção de sementes, análise de pureza física, teste de germinação e teste de tetrazólio para Brachiaria. O delineamento experimental utilizado foi blocos casualizados com parcelas sub sub divididas totalizando 30 tratamentos e 6 repetições, obtidos da combinação entre culturas (4) + pousio (tratamentos principais) e como subparcela: níveis de fósforo (3) x níveis de nitrogênio (com e sem N) perfazendo 30 tratamentos. O milheto apresentou a maior produção de matéria seca (5.977 kg ha-1) e o sorgo granífero a melhor produção de grãos (3.388 kg ha-1), sendo que os melhores teores nutricionais ocorreram no guandu anão e nabo forrageiro. A melhor produção de sementes de Brachiaria decumbens foi encontrada para incorporação de nabo forrageiro associado com doses recomendadas... (AU)

Processo FAPESP: 99/12809-0 - Efeito da adubação com NP e da rotação de culturas com milheto, sorgo, guandu anão e nabo forrageiro na produção de forragem e sementes em Brachiaria decumbens Stapf.
Beneficiário:Simone Aparecida de Oliveira
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado