Busca avançada
Ano de início
Entree


Efeito da irradiação por microondas sobre as propriedades viscoelásticas de resinas para base de prótese e reembasamento

Texto completo
Autor(es):
Carlos Eduardo Leão Lombardo
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: Araraquara. 126 f.
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Odontologia (Campus de Araraquara).
Data de defesa:
Membros da banca:
Rafael Leonardo Xediek Consani; Ana Cláudia Pavarina
Orientador: Carlos Eduardo Vergani; Sebastião Vicente Canevarolo Júnior
Resumo

Este estudo avaliou o efeito da irradiação por microondas e da armazenagem em água sobre as propriedades viscoelásticas de duas resinas para base de prótese (Lucitone 550- L e Vipi Wave- VW) e duas resinas para reembasamento imediato (Kooliner- K e Tokuyama Rebase Fast II- TR II). Oito corpos-de-prova (40 x 10 x 3,3 mm) de cada material foram avaliados por meio de análise térmica dinâmico-mecânica (DMTA) após: acabamento (controle 1), armazenagem em água por 7 dias (controle 2), um (MW1) e 7 ciclos de irradiação por microondas (MW7). Para cada corpo-de-prova, ciclos de DMTA foram realizados dentro de intervalos de temperatura diferentes. Os valores do módulo de armazenamento (E’) e de amortecimento mecânico (tan δ) a 37ºC foram obtidos no primeiro e último ciclos de DMTA. A partir do último ciclo, os valores de E’ na temperatura de transição vítrea (Tg) e o máximo de tan δ também foram obtidos. Os dados foram submetidos à análise de variância a dois critérios e ao teste de Student-Newman-Keuls (α=0,05). Além disso, mensurações de temperatura no interior de corpos-de-prova de cada material, durante a irradiação por microondas (650 W/ 3 min), foram realizadas por meio da utilização de sensor de fibra óptica. Seis corpos-de-prova de cada material foram avaliados. Durante a irradiação por microondas, todos os corpos-de-prova atingiram a temperatura de ebulição da água em aproximadamente 130 s. A partir do primeiro ciclo de DMTA, MW 1 e controle 2 aumentaram significantemente os valores de E’ e reduziram os valores de tan δ de K a 37ºC (P<0,05). No último ciclo de DMTA, o tan δ de K e TR II foi significantemente reduzido após MW1 (P<0,05). MW7 reduziu os valores de tan δ de K (P<0,05). Os valores de E’ de L e VW foram semelhantes entre si e superiores aqueles produzidos por K e TR II (P<0,05). Na Tg, K produziu o menor E’ e seu máximo... (AU)

Processo FAPESP: 07/01819-2 - Propriedades viscoelásticas de resinas para base de prótese e reembasamento. efeito da desinfecção por microondas e da incorporação de cargas de reforço
Beneficiário:Carlos Eduardo Leao Lombardo
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado