Busca avançada
Ano de início
Entree


Exposição in utero ao desregulador endocrino bisfenol A e ao agente quimiopreventivo indol-3-carbinol : efeitos sobra a morfogênese e a suscetibilidade à carcinogênese prostática

Texto completo
Autor(es):
Joyce Zalotti Brandt
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Botucatu)
Data de defesa:
Membros da banca:
Sebastião Roberto Taboga; Raquel Fantin Domeniconi
Orientador: Wellerson Rodrigo Scarano; Luis Fernando Barbisan
Resumo

Sabe-se que fatores ambientais e de estilo de vida, tais como a dieta, são capazes de induzir significativas mudanças na concentração e no metabolismo dos hormônios esteroides, o que pode contribuir para o desenvolvimento de doenças prostáticas. O Bisfenol A (BPA) é um componente dos produtos a base de resinas epóxi e plásticos policarbonato e tem sido investigado por sua provável atividade carcinogênica para a mama e próstata. O objetivo geral desse trabalho foi investigar se a exposição gestacional ao BPA suplementado ou não com Indol-3-Carbinol (I3C), um composto natural com propriedades quimioprotetoras, interfere no padrão de desenvolvimento da próstata, bem como na suscetibilidade ao desenvolvimento de lesões prostáticas. Fêmeas prenhes da linhagem Sprague-Dawley foram divididas em 5 grupos experimentais: G1: Controle (ração basal); G2: BPA25 (25μg/Kg); G3: BPA25 (25μg/Kg) + I3C; G4: BPA250 (250μg/Kg); G5: BPA250 (250μg/Kg) + I3C. Machos selecionados de diferentes ninhadas (2/ninhada) foram eutanasiados no DPN21 para avaliação imediata sobre a morfogênese prostática e no DPN180 para avaliação dos efeitos tardios.No DPN21 e DPN180 os animais foram eutanasiados por decapitação, o sangue foi coletado para análises hormonais e os hemilobos ventrais direitos separados para rotina histológica, análise estereológica e imuno-histoquímica, e os esquerdos congelados em nitrogênio líquido para o Western Blot. O lobo dorsolateral foi coletado no DPN180 para avaliação histopatológica. O peso do lobo ventral da próstata reduziu no grupo G5 em relação a G4, enquanto no DPN180 não houve diferença nesse parâmetro. Com relação à estereologia no DPN21 evidenciou-se aumento do compartimento epitelial e diminuição do compartimento luminal nos grupos G3 e G5. Quanto ao índice de proliferação celular no DPN21 observou-se aumento nos grupos G2 e G3 em relação ao G1. Já em relação ao índice de apoptose... (AU)

Processo FAPESP: 10/17262-0 - Exposição in utero e lactacional ao desregulador endócrino bisfenol A e ao agente quimiopreventivo Indol-3-Carbinol: efeitos na morfogênese inicial da próstata e na susceptibilidade à carcinogênese prostática em ratos Sprague-Dawley
Beneficiário:Joyce Zalotti Brandt
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado