Busca avançada
Ano de início
Entree


Efeito dos componentes obtidos de qualea multiflora sobre modelo tumoral mamário murino e sua influência no sistema imunológico

Texto completo
Autor(es):
Camila Bernardes de Andrade Carli
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciencias Farmaceuticas
Data de defesa:
Membros da banca:
Daniele Cardoso Geraldo Maia; Clelia Akiko Hiruma Lima; Cleverton Roberto de Andrade; Edson Rodrgues Filho
Orientador: Iracilda Zeppone Carlos
Resumo

Nos últimos vinte anos, os quimioterápicos naturais foram introduzidos no tratamento do câncer e com estas novas perspectivas, vem aumentando o interesse das indústrias farmacêuticas em produtos de origem natural. Além disso, existe um grande interesse na identificação de novos agentes antineoplásicos, que possuam ação citotóxica seletiva associada à atividade imunomodulatória. Neste contexto, o presente estudo investiga possíveis efeitos farmacológicos de Qualea multiflora Mart (Vochysiaceae), utilizada na medicina popular do cerrado para o tratamento de úlceras, gastrites, amebíase, diarréia com sangue, cólicas intestinais e inflamações. A partir de resultados in vitro, propôs-se avaliar um tratamento in vivo em modelo tumoral mamário murino empregando-se uma fração terpênica (FT) derivada de Qualea multiflora (Q. multiflora) e as substâncias isoladas presentes nesta fração, lupeol (LP), lupenona (LP) e friedelina (FR), concomitantemente à avaliação dos efeitos imunológicos das substâncias testadas nos animais portadores de tumor. Os resultados parciais do presente estudo mostraram que as substâncias isoladas LP, LN e FR e a fração FT, na maioria das concentrações testadas, não apresentaram efeito tóxico in vitro sobre as células imunes, macrófagos e linfócitos . No entanto, LP, LN, FR e FT apresentaram excelente atividade citotóxica contra a linhagem tumoral LM3. AE não mostrou efeito tóxico in vitro contra a linhagem LM3. Por outro lado, a droga padrão Taxol (TX), apresentou pouco efeito tóxico contra a linhagem tumoral LM3, e acentuado efeito citotóxico contra macrófagos, indispensáveis à contenção tumoral. A partir destes resultados foram selecionadas as concentrações ideais para tratamento in vivo. Os resultados mostraram expressiva inibição do volume tumoral quando os animais foram tratados... (AU)

Processo FAPESP: 09/07530-0 - Efeito dos componentes obtidos de Qualea multiflora sobre modelo tumoral mamário murino e sua influência no sistema imunológico
Beneficiário:Camila Bernardes de Andrade Carli
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado