Busca avançada
Ano de início
Entree


produção de biofilme em isolados de Candida spp do Hospital das Clínicas de Botucatu, UNESP

Texto completo
Autor(es):
Ariane Cristina Mendes de Oliveira Bruder Nascimento
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: Botucatu. 142 f.
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Botucatu)
Data de defesa:
Membros da banca:
Juliana Campos Junqueira; Leonardo Nimrichter; Carlos Henrique Camargo; Radames J. B. Cordeiro
Orientador: Eduardo Bagagli
Resumo

Nas últimas décadas, a epidemiologia das infecções por Candida spp. e o perfil de susceptibilidade a drogas vêm sofrendo importantes alterações. A emergência dessas espécies, como agente de infecções invasivas, tem se destacado principalmente entre pacientes imunocomprometidos. O principal objetivo desse estudo foi avaliar a epidemiologia das infecções por Candida spp. no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu, UNESP, e auxiliar no suprimento de dados para o melhor controle da infecção hospitalar. Os objetivos específicos incluíram a comparação entre as metodologias tradicional, automatizada e molecular de identificação em nível de espécie atualmente disponíveis nesta instituição, avaliar o perfil de susceptibilidade aos antifúngicos, bem como a produção de biofilme por estes isolados e caracterizar, utilizando ferramentas de biologia molecular, genes envolvidos na produção de biofilme de C. albicans e C. parapsilosis e o emprego dos introns do grupo I para genotipagem de C. albicans. Um total de 196 isolados de Candida spp. provenientes de hemocultura de pacientes foram avaliados. As espécies mais frequentes foram C. albicans (39,3 44,4%) e C. parapsilosis (33,2-42,3%). Foi observada boa correlação (>80%) entre os métodos de identificação avaliados – fenotípico tradicional, automatizado e molecular; e a caracterização dos introns do grupo I detectou predominância de C. albicans genótipo A (74%). O método tradicional é o mais simples e de baixo- custo, e o método automatizado mais rápido na liberação do resultado, quando comparados às técnicas moleculares, as quais apresentam maior poder discriminatório. Sugere-se a utilização do meio cromogênico, em paralelo ao método de identificação selecionado, para auxiliar na interpretação dos resultados, principalmente nas espécies mais frequentes. O método empregado em laboratórios de rotina deve ser considerado quando ... (AU)

Processo FAPESP: 08/10835-4 - Identificação Molecular e Caracterização Fenotípica e Genotípica da Produção de Biofilme em Isolados de Candida albicans e não-albicans do Hospital da Clínicas de Botucatu, UNESP.
Beneficiário:Ariane Cristina Mendes de Oliveira Bruder Nascimento
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado