Busca avançada
Ano de início
Entree


Avaliação do desenvolvimento do sistema genital e da funçao reprodutiva da prole feminina de ratos Wistar expostos à cisplatina durante a peri-puberdade

Texto completo
Autor(es):
Patrícia Villela e Silva
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Botucatu).
Data de defesa:
Membros da banca:
Raquel Fantin Domeniconi; Ana Paula Alves Favareto
Orientador: Wilma De Grava Kempinas
Resumo

A cisplatina é um fármaco amplamente utilizado no tratamento quimioterápico contra diversos tipos de tumores malignos, tais como o câncer de ovário e testículo, sendo este último um dos que mais afeta homens na idade reprodutiva. Seu mecanismo de ação compreende a ligação ao DNA, resultando na formação de adutos, os quais podem afetar os processos celulares fundamentais, tais como a replicação, transcrição e tradução, induzindo a morte das células tumorais. Este fármaco também pode causar efeitos adversos sobre a reprodução masculina, uma vez que forma adutos com células germinativas, resultando em alterações na espermatogênese. Há evidências de que homens tratados com este fármaco podem manter a sua capacidade reprodutiva e os danos genéticos serem transmitidos à prole. Em trabalho anterior, realizado neste Laboratório, esse fato foi demonstrado em ratos, no que se refere à prole masculina. Diante desse contexto, o objetivo deste trabalho foi investigar os possíveis efeitos da cisplatina sobre o desenvolvimento sexual e o sistema genital da prole feminina de ratos machos expostos à droga durante o período peri-púbere. Para isso, ratos machos Wistar com 45 dias de idade foram alocados em grupo controle, que recebeu solução salina (veículo), e tratado, que recebeu 1mg/Kg/dia de cisplatina diluída em veículo (n=10/grupo experimental), cinco dias por semana, durante três semanas, via intraperitoneal. Após o tratamento, os animais foram acasalados com fêmeas não tratadas para a avaliação dos seguintes parâmetros da prole feminina: contagem de células germinativas no ovário fetal, distância ano-genital, número de aréolas/mamilos, idade de abertura vaginal (indicativa da instalação da puberdade) e do primeiro estro, evolução do peso corpóreo até o desmame; na idade adulta foram determinados os pesos de órgãos vitais e da reprodução, e realizadas dos ... (AU)

Processo FAPESP: 12/12970-1 - Avaliação do desenvolvimento do sistema genital e da função reprodutiva da prole feminina de Ratos Wistar expostos à cisplatina durante a peri-puberdade
Beneficiário:Patrícia Villela e Silva
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado