Busca avançada
Ano de início
Entree

Yeda Aparecida de Oliveira Duarte

CV Lattes


Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Saúde Pública (FSP)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Graduada em Enfermagem pela Escola de Enfermagem da USP (1982), mestrado (1996) e doutorado (2001) em Enfermagem pela Universidade de São Paulo - área:Gerontologia. Pós Doutorado em Epidemiologia pela Faculdade de Saúde Pública da USP com estágio no Sealy Center on Aging - University of Texas Medical Brunch (2005). Professora Associada (MS5) da Universidade de São Paulo, docente da Escola de Enfermagem e da Faculdade de Saúde Pública da USP (vínculo subsidiário). Atualmente é coordenadora do Estudo SABE Saúde, Bem - Estar e Envelhecimento, estudo longitudinal de múltiplas coortes sobre as condições de vida e saúde dos idosos residentes no Município de São Paulo, estudo temático FAPESP atualmente com 20 anos de acompanhamento; Coordenadora do NAPSABE (Núcleo de Apoio à Pesquisa - SABE). Coordenou o Inquérito Nacional das Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) vinculadas ao SUAS (2015-2019) financiado pelo Ministério da Saúde. Coordenou o Estudo longitudinal sobre os determinantes de fragilidade em pessoas idosas em velhice avançada. Coordenou o Programa de Residência em Enfermagem - Saúde do Adulto e do Idoso de 2015 a 2019. Criou o Primeiro Curso de Bacharelado em Gerontologia da Universidade de São Paulo em 2005 sediado na Escola de Artes, Ciências e Humanidades - EACH. É líder do Grupo de pesquisa "Saúde Pública e Envelhecimento". Tem experiência na área de Geriatria e Gerontologia, atuando principalmente nos seguintes temas: idosos, Estudo SABE, envelhecimento, cuidadores e gerontologia. (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Epidemia de coronavírus exige da sociedade maior atenção ao idoso 
Precisamos pensar em quem vai cuidar dos idosos, alertam especialistas 
Ciclo ILP-FAPESP discute envelhecimento e qualidade de vida 
Ciclo de Palestras ILP-FAPESP: Envelhecimento e Qualidade de vida 
FAPESP lança série de vídeos de 1 minuto 
Qualidade de vida é o maior desafio da longevidade 
Em São Paulo, 97,8% dos idosos não conseguem atravessar a rua no tempo dos semáforos 
BIPMed busca parcerias para ampliar banco público de dados genômicos e clínicos 
Idade compromete sistema imune e reduz eficácia de vacinas 
Pós-Doutorado em Epidemiologia na USP 
Pós-Doutorado em Saúde Pública na USP 
Envelhecimento da população precisa ser priorizado nas políticas públicas 
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (45 total):
Mais itensMenos itens
BOL: SP: asilo "covid zero" adiantou quarentena; faixa etária tem 80% dos casos (08/Mai/2020)
UOL: SP: asilo "covid zero" adiantou quarentena; faixa etária tem 80% dos casos (08/Mai/2020)
UOL: Epidemia exige atenção ao idoso: na cidade de SP, 16% vivem sozinhos (21/Abr/2020)
Estadão.com: 290 mil idosos moram sozinhos na cidade de São Paulo; 8 mil não têm a quem pedir ajuda (21/Abr/2020)
Programa InfoSalud (Argentina): La epidemia de coronavirus le exige a la sociedad una mayor atención hacia la tercera edad (04/Jun/2020)
TV Globo: Especialistas falam sobre anticoagulantes, estudos sobre o vírus, reabertura de serviços no Bem Estar no É de Casa (16/Mai/2020)
Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo: Epidemia de coronavírus reforça vulnerabilidade dos idosos na capital paulista, aponta estudo (29/Abr/2020)
Mundo Positivo: 28% dos idosos em SP não têm celular e se isolam da tecnologia em plena pandemia (26/Abr/2020)
Biblioteca FMUSP: COVID-19 e a necessidade de maior atenção ao idoso (24/Abr/2020)
Yahoo! Finanças: 28% dos idosos em SP não têm celular e se isolam da tecnologia em plena pandemia (23/Abr/2020)
FSP - Faculdade de Saúde Pública: CNN Brasil e Fapesp publicam dados de inquérito de saúde da FSP sobre situação de idosos na capital paulista (23/Abr/2020)
Primeira Edição: Estudo aponta vulnerabilidades dos idosos que residem na cidade de SP (23/Abr/2020)
Jornal do Porto: 28% dos idosos em SP não têm celular e se isolam da tecnologia em plena pandemia (23/Abr/2020)
Yahoo! Esportes: 28% dos idosos em SP não têm celular e se isolam da tecnologia em plena pandemia (23/Abr/2020)
Instituto Humanitas Unisinos: Cerca de 300 mil idosos moram sozinhos na cidade de São Paulo; Epidemia de coronavírus exige da sociedade maior atenção ao idoso (23/Abr/2020)
ES Capixaba: 28% dos idosos em SP não têm celular e se isolam da tecnologia em plena pandemia (23/Abr/2020)
Canaltech: 28% dos idosos em SP não têm celular e se isolam da tecnologia em plena pandemia (23/Abr/2020)
Notícias de Campinas: Fapesp: Estudo aponta vulnerabilidades dos idosos que residem na cidade de SP (22/Abr/2020)
Pfarma: Pandemia por coronavírus exige maior atenção ao idoso (22/Abr/2020)
Blog Configuração para o Linux (Japão): Idosos que moram sozinhos são vitimas fácil do covid-19 (22/Abr/2020)
Time 24 News (EUA): Fapesp: Study shows vulnerabilities of the elderly living in the city of SP (22/Abr/2020)
Portal do Governo do Estado de São Paulo: Fapesp: Estudo aponta vulnerabilidades dos idosos que residem na cidade de SP (22/Abr/2020)
Mix Vale: Fapesp: Estudo aponta vulnerabilidades dos idosos que residem na cidade de SP (22/Abr/2020)
Espaço Ecológico no Ar: Epidemia de coronavírus exige da sociedade maior atenção e preocupação com o idoso (22/Abr/2020)
CNN (Brasil): Pesquisa mostra que 16% dos idosos vivem sozinhos na cidade de São Paulo (22/Abr/2020)
Notícias de Indaiatuba: Fapesp: Estudo aponta vulnerabilidades dos idosos que residem na cidade de SP (22/Abr/2020)
SBT Interior: Fapesp: Estudo aponta vulnerabilidades dos idosos que residem na cidade de SP (22/Abr/2020)
EcoDebate: Cerca de 300 mil idosos moram sozinhos na cidade de São Paulo; Epidemia de coronavírus exige da sociedade maior atenção ao idoso (22/Abr/2020)
Portal da Enfermagem: Epidemia de coronavírus exige da sociedade maior atenção ao idoso (22/Abr/2020)
Midia News: 290 mil idosos moram sozinhos na cidade de São Paulo; 8 mil não têm a quem pedir ajuda (21/Abr/2020)
Regional Press: Epidemia de coronavírus exige maior atenção aos idosos; muitos moram sozinhos (21/Abr/2020)
Brasil Soberano e Livre: 290 mil idosos moram sozinhos na cidade de São Paulo; 8 mil não têm a quem pedir ajuda (21/Abr/2020)
Blog Gente Ciente: Epidemia de coronavírus exige da sociedade maior atenção ao idoso (21/Abr/2020)
Terra: 290 mil idosos moram sozinhos na cidade de São Paulo; 8 mil não têm a quem pedir ajuda (21/Abr/2020)
Blog Jornal da Mulher: Epidemia de coronavírus exige da sociedade maior atenção ao idoso (21/Abr/2020)
50 UP: Epidemia de coronavírus exige da sociedade maior atenção ao idoso (21/Abr/2020)
Revista Amazônia: Epidemia de coronavírus necessita de uma maior atenção ao idoso (21/Abr/2020)
Central das Notícias: Epidemia exige atenção ao idoso: na cidade de SP, 16% vivem sozinhos (21/Abr/2020)
Blog Henrique Barbosa: 290 mil idosos moram sozinhos na cidade de São Paulo (21/Abr/2020)
Blog A Crítica: Epidemia de coronavírus exige da sociedade maior atenção ao idoso (21/Abr/2020)
Rota 2014: 290 mil idosos moram sozinhos na cidade de São Paulo; 8 mil não têm a quem pedir ajuda (21/Abr/2020)
Central das Notícias: 290 mil idosos moram sozinhos na cidade de São Paulo; 8 mil não têm a quem pedir ajuda (21/Abr/2020)
Notícias de Campinas: Fapesp: Estudo aponta vulnerabilidades dos idosos que residem na cidade de SP (21/Abr/2020)
Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SP): Fapesp: Estudo aponta vulnerabilidades dos idosos que residem na cidade de SP (01/Abr/2020)
Tech Na Net: 28% dos idosos em SP não têm celular e se isolam da tecnologia em plena pandemia (23/Abr/2020)
Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Bolsas no Exterior
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 19/09/2020
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Videos relacionados aos auxílios à pesquisa e bolsas

Envelhecimento e qualidade de vida


Publicado em 03 de outubro de 2019 - Agência FAPESP. Aumento da longevidade e redução da taxa de natalidade no país criam cenário para a formulação de novas políticas e estruturas públicas para o apoio ao idoso. Tema foi discutido no Ciclo ILP-FAPESP de Ciência e Inovação.

COVID-19 e a necessidade de maior atenção ao idoso


Estreia em 20 de abril de 2020 - Agência FAPESP. Na cidade de São Paulo dos mais de 1,8 milhão de pessoas que formam a população de idosos na cidade de São Paulo, 290.771 (16%) vivem sozinhos – os chamados domicílios unipessoais –, sendo 22.680 com 90 anos ou mais. Na capital paulista, mais de 8 mil idosos são completamente solitários, não têm a quem pedir ajuda, caso precisem pois, por diferentes razões, não possuem uma rede de suporte social ativa e eficiente. Os dados sobre a vulnerabilidade dos idosos na cidade de São Paulo, tabulados especialmente para a Agência Fapesp, fazem parte do Estudo Saúde, Bem-Estar e Envelhecimento (SABE), apoiado pela FAPESP. O estudo sobre as condições de vida e saúde dos idosos residentes no município de São Paulo acompanha 1236 idosos, o que forma uma amostra representativa de toda essa população na cidade e permite chegar aos resultados apresentados. Os dados do Estudo SABE mostram ainda a necessidade de planejamento para assistir população idosa durante a pandemia.

Publicações resultantes de Auxílios e Bolsas sob responsabilidade do(a) pesquisador(a) (7)

(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)

Publicações5
Citações21
Cit./Artigo4,2
Dados do Web of Science

ALVES, LUCIANA CORREIA; DRUMOND ANDRADE, FLAVIA CRISTINA; CORONA, LIGIANA PIRES; FERREIRA SANTOS, JAIR LICIO; DE OLIVEIRA DUARTE, YEDA APARECIDA. Inequalities in Life Expectancy With Frailty Among Brazilian Older Adults: A Multistate Approach. INNOVATION IN AGING, v. 3, n. 4, . Citações Web of Science: 0. (09/53778-3, 05/54947-2, 10/02779-7)

JAIR LICIO FERREIRA SANTOS; YEDA APARECIDA DE OLIVEIRA DUARTE; MARIA LÚCIA LEBRÃO. Condições pregressas e saúde no estudo “Saúde, Bem-Estar e Envelhecimento” (SABE). Revista Brasileira de Epidemiologia, v. 21, p. -, . (14/50649-6)

CORONA, LIGIANA PIRES; ANDRADE, F. C. DRUMOND; DE OLIVEIRA DUARTE, Y. A.; LEBRAO, M. L.. The relationship between anemia, hemoglobin concentration and frailty in Brazilian older adults. Journal of Nutrition Health & Aging, v. 19, n. 9, p. 935-940, . Citações Web of Science: 11. (09/53778-3, 05/54947-2, 10/02779-7)

ANA PAULA SAYURI SATO; FABÍOLA BOF DE ANDRADE; YEDA APARECIDA OLIVEIRA DUARTE; JOSÉ LEOPOLDO FERREIRA ANTUNES. Cobertura vacinal e fatores associados à vacinação contra influenza em pessoas idosas do Município de São Paulo, Brasil: Estudo SABE 2015. Cadernos de Saúde Pública, v. 36, p. -, . (14/50649-6)

DE ALMEIDA ROEDIGER, M.; DE FATIMA NUNES MARUCCI, M.; QUINTILIANO SCARPELLI DOURADO, D. A.; DE OLIVEIRA, C.; LICIO FERREIRA SANTOS, J.; DE OLIVEIRA DUARTE, Y. A.. Body Composition Changes and 10-Year Mortality Risk in Older Brazilian Adults: Analysis of Prospective Data from the SABE Study. Journal of Nutrition Health & Aging, v. 23, n. 1, p. 51-59, . Citações Web of Science: 0. (05/54947-2, 09/53778-3, 99/05125-7, 15/15224-7)

ANDRADE, FLAVIA CRISTINA DRUMOND; CORONA, LIGIANA PIRES; LEBRAO, MARIA LUCIA; DE OLIVEIRA DUARTE, YEDA APARECIDA. Life expectancy with and without cognitive impairment among Brazilian older adults. ARCHIVES OF GERONTOLOGY AND GERIATRICS, v. 58, n. 2, p. 219-225, . Citações Web of Science: 7. (09/53778-3, 05/54947-2, 10/02779-7)

ROEDIGER, MANUELA DE ALMEIDA; NUNES MARUCCI, MARIA DE FATIMA; DUIM, ETIENNE LARISSA; FERREIRA SANTOS, JAIR LICIO; DE OLIVEIRA DUARTE, YEDA APARECIDA; DE OLIVEIRA, CESAR. Inflammation and quality of life in later life: findings from the health, well-being and aging study (SABE). HEALTH AND QUALITY OF LIFE OUTCOMES, v. 17, . Citações Web of Science: 3. (05/54947-2, 16/19696-3, 09/53778-3, 99/05125-7, 15/15224-7)

Publicações acadêmicas

(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

NUNES, Daniella Pires. Validação da avaliação subjetiva de fragilidade em idosos no município de São Paulo: Estudo SABE (Saúde, Bem estar e Envelhecimento). Dissertação (Mestrado) -  Faculdade de Saúde Pública.  Universidade de São Paulo (USP).  São Paulo.  (09/06910-3

SILVA, Henrique Salmazo da. Fatores associados ao melhor desempenho cognitivo global em idosos do município de São Paulo, Estudo SABE. Dissertação (Mestrado) -  Faculdade de Saúde Pública.  Universidade de São Paulo (USP).  São Paulo.  (09/06909-5

CORONA, Ligiana Pires. Anemia e envelhecimento: panorama populacional e associação com desfechos adversos em saúde - estudo SABE. Tese (Doutorado) -  Faculdade de Saúde Pública.  Universidade de São Paulo (USP).  São Paulo.  (10/02779-7

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: