Busca avançada
Ano de início
Entree

Carlos Eduardo Ornelas Berriel

CV Lattes ResearcherID ORCID Google Scholar Citations


Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Estudos da Linguagem (IEL)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Carlos Eduardo Ornelas Berriel. Visiting Professor junto ao Departamento de Ciências Políticas e Sociais da Universidade de Florença (de janeiro a julho de 2015). Professor Livre-Docente do Departamento de Teoria Literária do Instituto de Estudos da Linguagem da UNICAMP Universidade Estadual de Campinas. É mestre e doutor em Teoria Literária pela mesma Universidade. Anteriormente (1987-91) lecionou na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Realizou pós-doutoramentos na Universidade de Roma-La Sapienza (1996-7) e na Universidade de Florença (2006-7). Como pesquisador (1978-81) da área de cinema do IDART- Centro de Documentação de Arte Contemporânea da Secretaria de Cultura de São Paulo publicou o volume Carlos Ortiz e o cinema brasileiro na década de 50. (Sec. de Cultura de São Paulo, 1981). Foi por vários anos membro da revista Ensaio. Graduou-se (1977) em Ciências Políticas e Sociais pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, instituição ligada à USP Universidade de São Paulo. Parte de sua dissertação de mestrado está no volume por ele organizado intitulado Mario de Andrade Hoje (São Paulo: Ensaio, 1989). Sua tese de doutorado foi publicada com o título de Tietê, Tejo e Sena: A obra de Paulo Prado (Campinas: Papirus, 2000; uma reedição revista e ampliada foi publicada em 2013 pela Editora da Unicamp). Desde 1998 tem se dedicado ao tema das utopias literárias, tendo traduzido uma coletânea de obras italianas deste gênero e orientado vários trabalhos de mestrado e doutorado neste campo. É fundador e editor da Revista Morus Utopia e Renascimento. Coordena o projeto Renascimento e Utopia e dirige o U-TOPOS - Centro de Estudos Utópicos da Unicamp. É coordenador da coleção de livros Mundus Alter, da Editora da Unicamp, dedicada à publicação de utopias clássicas. Estabeleceu e supervisiona vários convênios com instituições acadêmicas estrangeiras voltadas para a temática utópica: Università degli Studi di Firenze e Università del Salento. É membro de várias sociedades científicas internacionais e de conselhos editoriais de revistas voltadas para o problema utópico. Integra o Comitê científico da coleção Diacronie (ed. Mimesis, Milão-Udine), dirigida por Gianluca Bonaiuti e Vittore Collina, da Università degli Studi di Firenze. Nos últimos anos tem se dedicado à tradução, ao estudo e à publicação, em português, das utopias italianas do Cinquecento e à história do conceito de utopia. Atualmente prepara uma edição da Cidade do Sol, de Tommaso Campanella. (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Bolsas no Exterior
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 24/09/2022
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: