Busca avançada
Ano de início
Entree

Lúcia Garcez Lohmann

CV Lattes ORCID


Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências (IB)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Possui graduação em licenciatura e bacharelado em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo (1995), mestrado e especialização em Biologia Tropical e Conservação pela University of Missouri-St. Louis (1998), doutorado em Ecologia, Evolução e Sistemática pela University of Missouri-St.Louis (2003), e pós-doutorado pelo CCSD (Center for Conservation and Sustainable Development) do Missouri Botanical Garden (2004). É Professora Doutora do Departamento de Botânica da Universidade de São Paulo (USP, desde 2004); Diretora Executiva da Association for Tropical Biology & Conservation (ATBC, desde 2019); pesquisadora associada do Missouri Botanical Garden (MOBOT, desde 2004); e, pesquisadora associada do New York Botanical Garden (NYBG, desde 2008). Também é editora associada da Molecular Phylogenetics & Evolution (MPE, desde 2017); membro da Academia de Ciências do Estado de São Paulo (ACIESP, desde 2020); membro correspondente da Botanical Society of America (BSA, desde 2020); e, membro honorário da Academia Americana de Artes e Ciências (AAA&S, desde 2021). Também é membro dos conselhos científicos da Red Latinoamericana de Botánica (RLB, desde 2013), Flora Neotropica (desde 2003), Flora do Brasil (desde 2008), e Flora do Paraguay (Jardin Botanique de Genéve & MOBOT, desde 2007). Sua pesquisa adota uma abordagem integrativa, combinando componentes da taxonomia, sistemática molecular, ecologia e evolução para entender os processos que moldaram a história de diversificação e biogeografia na região Neotropical. Grande parte de seus estudos focam na família Bignoniaceae, um componente muito conspícuo das florestas desta região e um excelente modelo para entender a origem e evolução da biodiversidade Neotropical. E-mail: llohmann@usp.br (Fonte: Currículo Lattes)

Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Bolsas no Exterior
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 06/08/2022
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Adaptação biológica Amazônia América do Sul Amplificação do DNA Análise cladística Análise de sequência de DNA Análise morfológica Anemopaegma Angiospermas Animais herbívoros Annonaceae Aves Bacia hidrográfica Banco de dados Bignoniaceae Bignonieae Biodiversidade Biogeografia Biologia computacional Biologia molecular Biota Borboletas Botânica (classificação) Botânica Aplicada Botânica Cactaceae Catalogação Cenozoico Ciências Biológicas Ciências Exatas e da Terra Coleção e conservação de espécies biológicas Complementaridade Conservação Cooperação internacional Curadoria Defesa Desenvolvimento de software Distribuição espacial Diversidade filogenética Diversificação Ecologia Ecossistema amazônico Estruturas genéticas Evolução animal Evolução biológica Evolução vegetal Evolução Extração de DNA Fanerógamas Fatores abióticos Filogenia molecular Filogenia Filogeografia Fitogeografia Flora do Brasil Flora Formigas Genética Animal Genética Vegetal Genética animal Genética de populações vegetais Genética Genômica Geociências Geologia Georreferenciamento Inovações tecnológicas Lianas Mata Atlântica Morfologia Vegetal Morfologia vegetal Mudança climática Paleobiogeografia Paleoclimatologia Perfuração Plantas epífitas Plantas tropicais Plantas Polimorfismo de um único nucleotídeo Purificação Região neotropical Revisão taxonômica Rio Amazonas Rios Seleção natural Sequenciamento de nova geração Sistemática Taxonomia Vegetal Zoologia (classificação) Zoologia Aplicada Zoologia
Videos relacionados aos auxílios à pesquisa e bolsas

Geogenômica


Publicado em 16 de junho de 2016 - Pesquisa FAPESP. A Geogenômica é uma nova disciplina que busca explicar a diversidade biológica das florestas tropicais. Com projetos centrados na Amazônia e Mata Atlântica, biólogos e geólogos explicam como a integração de diferentes áreas do conhecimento ajuda no desenvolvimento de pesquisas.

Artista na expedição, biólogo no museu


Publicado em 10 de julho de 2018 - Pesquisa FAPESP. Cauê Alves, curador geral do Museu Brasileiro da Escultura e Ecologia (MuBE), e a bióloga Lúcia Lohmann falam sobre uma exposição que busca aproximar arte e ciência.

Pesquisadores estudam a influência da barreira dos rios na biodiversidade vegetal amazônica


Publicado em 02 de agosto de 2021 - Agência FAPESP. Os pesquisadores Lúcia Lohmann, professora do Instituto de Biociências da USP, e Alison Nazareno, professor do Instituto de Ciências Biológicas da UFMG, investigaram representantes de quatro famílias vegetais: as bignoniáceas, as passifloráceas, as rubiáceas e as violáceas.

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: