Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Hundred legs good, two fangs better: adult centipede (Scolopendridae) devoured by a juvenile Amazon lancehead, Bothrops atrox (Viperidae)

Título (Português): Uma centena de pernas é eficaz, mas duas presas são ainda melhores: lacraia adulta (Scolopendridae) devorada por uma jovem serpente amazônica, Bothrops atrox (Viperidae)
Texto completo
Autor(es):
Karina Maria Pereira da SILVA ; Selma Maria de ALMEIDA-SANTOS ; Rogério BERTANI
Número total de Autores: 3
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Acta Amazonica; v. 47, n. 2, p. 171-174, Jun. 2017.
Citações Web of Science: 2
Resumo

ABSTRACT Centipedes are part of the diet of several snake species of the genus Bothrops. However, reports on predation of centipedes by snakes are normally incomplete, and important data for natural history studies as the species identification and size of the prey are rarely published. The aim of this work was to report the presence of the centipede Scolopendra viridicornis in the digestive tract of the Amazon pit viper B. atrox. The snake specimen is an immature female from Aripuanã, state of Mato Grosso, Brazil, having a 623 mm snout-vent length. The centipede is an adult Scolopendra viridicornis, estimated to be 190 mm long, and found in the snake's stomach. The success in preying on this large and potentially dangerous centipede could be explained by the snake's dimensions, large enough for overpowering the prey, but still retaining characteristics of youth, such as venom with specific action against specific prey items. (AU)

Resumo

RESUMO Lacraias fazem parte da dieta de diversas espécies de serpentes do gênero Bothrops. Entretanto, informações importantes para estudos de história natural, como identificação da espécie e tamanho de presas, são raramente publicados. O objetivo desse trabalho é registrar a presença de uma lacraia Scolopendra viridicornis, no trato digestivo de uma jararaca da Amazônia, Bothrops atrox. A serpente estudada é uma fêmea imatura, com 623 mm de comprimento rostro-cloacal, proveniente de Aripuanã, estado de Mato Grosso, Brasil. A lacraia é um adulto de Scolopendra viridicornis parcialmente digerida, com aproximadamente 190 mm de comprimento. O sucesso na predação dessa grande e perigosa presa pode ser explicado pelas dimensões da serpente, que é grande o suficiente para dominar a presa, mas ainda retém características juvenis, como veneno com ação específica em determinados ítens alimentares. (AU)

Processo FAPESP: 15/19976-3 - A família Barychelidae na região neotropical (Araneae, Mygalomorphae)
Beneficiário:Rogerio Bertani
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Regular