Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Reproduction of the Atlantic Forest endemic star-throated antwren, Rhopias gularis (Aves: Thamnophilidae)

Título (Português): Reprodução da choquinha-de-garganta-pintada, Rhopias gularis (Aves: Thamnophilidae), uma espécie endêmica da Mata Atlântica
Texto completo
Autor(es):
D. F. Perrella ; C. H. Biagolini Junior ; L. Ribeiro-Silva ; P. V. Q. Zima ; M. R. Francisco
Número total de Autores: 5
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Brazilian Journal of Biology; v. 77, n. 2, p. 356-360, Jun. 2017.
Citações Web of Science: 2
Resumo

Abstract The Thamnophilidae are one of the most speciose Neotropical bird families, yet aspects of their natural history remain poorly documented. Here we provide information on breeding phenology, the length of incubation and nestling periods, parental care, and nesting success of the Star-throated Antwren, Rhopias gularis, an Atlantic Forest endemic. The data are discussed in light of life history theories. We found 27 active nests during two breeding seasons (2013/2014 and 2014/2015) at Carlos Botelho State Park in southeastern Brazil. Nesting activities were observed from September to January. Incubation and nestling periods lasted 16.8 ± 0.6 and 11.0 ± 0.86 days, respectively, as with most other antbirds. Males and females shared equally in incubation and nestling provisioning. The small clutch size of two eggs is that most commonly found in tropical birds and is hypothesized to have evolved due to increased nest predation rates. However, our data was not consistent with this hypothesis as the nest survival probability was high (57%). This is one of only a handful of studies that provide comprehensive information on the breeding biology of a Thamnophilid species in undisturbed habitat. (AU)

Resumo

Resumo A Família Thamnophilidae compreende as diversas espécies de chocas e papa-formigas e compõem um dos maiores grupos de aves neotropicais. Apesar do elevado número de espécies, aspectos da história natural permanecem pouco documentados. No presente estudo são fornecidas informações sobre fenologia reprodutiva, duração dos períodos de incubação e permanência dos filhotes no ninho, cuidado parental e sucesso reprodutivo da choquinha-de-garganta-pintada, Rhopias gularis, endêmica da Mata Atlântica, enfocando teorias de história de vida. Foram encontrados 27 ninhos ativos durante duas temporadas reprodutivas (2013/2014 e 2014/2015) no Parque Estadual Carlos Botelho, no sudeste do Brasil. Atividades de nidificação foram observadas de setembro a janeiro. Períodos de incubação e permanência dos filhotes nos ninhos duraram 16.8 ± 0.6 e 11.0 ± 0.86 dias, respectivamente, sendo similares aos de outras chocas e papa-formigas. Machos e fêmeas dividiram as funções de incubação e alimentação dos ninhegos em taxas similares. As ninhadas de dois ovos seguem o padrão mais comum para Passseriformes tropicais, mas os dados apresentados não se mostraram consistentes com a hipótese de que a evolução de ninhadas menores está relacionada às altas taxa de predação de ninhos nesta região, uma vez que foi observada alta probabilidade de sobrevivência (57%). O presente estudo é um dos poucos a proporcionar informações abrangentes sobre a biologia reprodutiva de um Thamnophilidae em uma área preservada. (AU)

Processo FAPESP: 10/52315-7 - Predadores de topo de cadeia alimentar
Beneficiário:Pedro Manoel Galetti Junior
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Programa BIOTA - Regular