Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Corticosteroid effect upon intestinal and hepatic interleukin profile in a gastroschisis rat model

Título (Português): Efeito do corticoesteróide sobre o perfil das interleucinas intestinais e hepáticas no modelo de gastrosquise em ratos
Texto completo
Autor(es):
Frances Lilian Lanhellas Gonçalves ; Daniel Guimarães Bittencourt ; Lício Augusto Velloso ; Augusto Frederico Schmidt ; Rodrigo Melo Gallindo ; Lourenço Sbragia
Número total de Autores: 6
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Acta Cirurgica Brasileira; v. 28, p. -, 2013.
Resumo

PURPOSE: To evaluate the effect of corticosteroids on intestinal and liver interleukin profile in an experimental model of gastroschisis in fetal rats. METHODS: Sprague-Dawley rats at 19.5 days of gestation had its fetuses operated for the creation of gastroschisis. Two groups of fetuses were studied with and without maternal administration of dexamethasone. Each group was composed of fetuses who underwent gastroschisis (G), control fetuses without manipulation (C) and sham fetuses (S). A dosage of the following interleukins was carried out in fetal intestinal and liver tissues: IL-1, IL-6, IL-10, tumor necrosis factor-alpha (TNF-&#945;) and interferon-gamma (IFN-&#947;). The differences between the groups and subgroups were tested by ANOVA with Tukey post-test, with significant values of p<0.05. RESULTS: Dexamethasone led to an increase in intestinal and liver IL-6 (p<0.05) and a decrease in intestinal TNF-&#945; (p<0.001) in fetuses with gastroschisis. CONCLUSION: Corticosteroids had an effect on the intestinal interleukin profile and a small effect on the liver interleukin profile due to immunological immaturity of the fetus, and also of fetuses with gastroschisis. The steroid action may not be exclusively anti-inflammatory, but also pro-inflammatory, varying with time of pregnancy. (AU)

Resumo

OBJETIVO: Avaliar a ação do corticosteroide no perfil de interleucinas intestinais e hepáticas no modelo experimental de gastrosquise em fetos de ratos. MÉTODOS: Ratas Sprague-Dawley com 19,5 dias de gestação tiveram fetos operados para criação de gastrosquise. Dois grupos de fetos foram estudados: com e sem administração materna de dexametasona. Cada grupo foi composto por fetos submetidos a gastrosquise (G), fetos controles sem manipulação (C) e fetos sham (S). Realizou-se a dosagem das seguintes interleucinas no tecido intestinal e hepático fetal: IL-1, IL-6, IL-10, fator de necrose tumoral-alfa (TNF-&#945;) e interferon-gama (IFN-&#947;). As diferenças entre os grupos e subgrupos foram testadas pelo teste de ANOVA com pós-teste de Tukey, com valores significativos de p<0,05. RESULTADOS: A dexametasona levou a um aumento da IL-6 intestinal e hepática (p<0,05) e a uma diminuição do TNF-&#945; intestinal (p<0,001) em fetos com gastrosquise. CONCLUSÃO: O corticosteróide apresentou efeito sobre o perfil de IL intestinal e pouco na hepática, devido a imaturidade imunológica dos fetos e também dos fetos com gastrosquise a ação do esteróide pode não ser exclusivamente anti-inflamatória, mas também pró inflamatória. (AU)

Processo FAPESP: 11/12587-0 - Avaliação in vivo do efeito do corticóide e da ventilação na via do óxido nítrico sobre a expressão do VEGF e seus receptores pulmonares após a oclusão traqueal fetal na hérnia diafragmática congênita em ratos
Beneficiário:Frances Lilian Lanhellas Gonçalves
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo FAPESP: 11/00794-1 - Avaliação da via do óxido nítrico in vivo após a oclusão traqueal fetal sobre a expressão de receptores de VEGF pulmonar na hérnia diafragmática congênita em ratos induzida pelo Nitrofen
Beneficiário:Lourenço Sbragia Neto
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Regular