Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Influências de dietas ricas em ácidos graxos saturados e insaturados sobre o miocárdio de ratos

Texto completo
Autor(es):
Matheus Fécchio Pinotti ; Maeli Dal-Pai Silva ; Mário Mateus Sugizaki ; Yeda Santana Diniz Novelli ; Lea Sílvia Sant'ana ; Flávio Ferrari Aragon ; Carlos Roberto Padovani ; Ethel Lourenzi Barbosa Novelli ; Antonio Carlos Cicogna
Número total de Autores: 9
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Arquivos Brasileiros de Cardiologia; v. 88, n. 3, p. 346-353, Mar. 2007.
Resumo

OBJETIVOS: O estudo avaliou a influência de dietas ricas em ácidos graxos saturados (AGS) e ácidos graxos insaturados (AGI) sobre a função mecânica, a morfologia e o estresse oxidativo do miocárdio de ratos. MÉTODOS: Ratos Wistar com 60 dias de idade foram alimentados com dieta padrão (n = 8) ou dietas ricas em AGS (n = 8) ou AGI (n = 8) durante 60 dias. A função mecânica foi avaliada em músculo papilar isolado do ventrículo esquerdo (VE) por meio de contrações isométrica e isotônica, em condição basal (1,25 mM de cálcio), após elevação da concentração extracelular de cálcio para 5,2 mM e estimulação beta-adrenérgica com isoproterenol 1,0 µM. Fragmentos do VE foram usados para estudo de estresse oxidativo e microscopias óptica e eletrônica. RESULTADOS: As dietas suplementadas com AGS e AGI não alteraram a função mecânica do músculo cardíaco. Entretanto, ambas provocaram estresse oxidativo, com aumento do hidroperóxido de lipídio e redução da concentração de superóxido dismutase. A dieta AGI diminuiu a expressão da catalase e a AGS reduziu a quantidade de glutationa peroxidase miocárdica. Ambas as dietas promoveram discretas alterações morfológicas visualizadas ultra-estruturalmente, como depósitos lipídicos e lesões das membranas celulares. CONCLUSÃO: Os resultados sugerem que dietas enriquecidas com AGS e AGI não acarretam alteração da função mecânica do músculo cardíaco isolado, mas causam discretas lesões estruturais e estresse oxidativo no miocárdio. (AU)

Processo FAPESP: 02/02704-0 - Efeito dos ácidos graxos insaturados sobre a função mecânica do músculo papilar isolado em ratos
Beneficiário:Matheus Fécchio Pinotti
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Iniciação Científica