Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Avaliação da composição corporal em adolescentes obesos: o uso de dois diferentes métodos

Texto completo
Autor(es):
Marco Túlio de Mello ; Ana R. Dâmaso ; Hanna Karen M. Antunes ; Kãli O. Siqueira ; Marise Lazaretti Castro ; Sheila V. Bertolino ; Sérgio G. Stella ; Sérgio Tufik
Número total de Autores: 8
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Revista Brasileira de Medicina do Esporte; v. 11, n. 5, p. 267-270, Out. 2005.
Resumo

A pletismografia é um método rápido e fácil para determinação da composição corporal que utiliza a relação inversa entre pressão e volume. O objetivo do presente estudo foi o de comparar os valores obtidos com o método pletismografia com os valores observados com o DEXA em uma população de adolescentes obesos. Participaram da amostra 88 adolescentes pós-púberes de ambos os sexos, com idades entre 15 e 19 anos (17,01 &plusmn; 1,6) ingressantes de um programa de atividade física multidisciplinar. Os voluntários foram submetidos a uma avaliação da composição corporal em dias distintos dentro da mesma semana, pelo método de pletismografia e outra avaliação pelo método DEXA. Quando os métodos foram comparados, não se observaram diferenças significativas entre eles; além disso, foram observadas correlações significativas entre os parâmetros comuns dos dois métodos (massa magra, massa gorda (kg) e massa gorda (%), r = 0,88 p < 0,05; r = 0,92 p < 0,05; r = 0,75 p < 0,05, respectivamente). Nossos dados sugerem que, para esta população específica, a pletismografia pode ser utilizada como um método de avaliação da composição corporal. (AU)