Busca avançada
Ano de início
Entree

Produção e destino dos polissacarídeos extracelulares de origem algal em um reservatório eutrofizado do rio Tietê (estudo de processo)

Processo: 99/07766-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de janeiro de 2000 - 31 de janeiro de 2005
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica
Pesquisador responsável:Armando Augusto Henriques Vieira
Beneficiário:Armando Augusto Henriques Vieira
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):03/02793-6 - Producao de agregados gelatinosos em culturas de microalgas de um reservatorio eutrofizado., BP.MS
03/04798-5 - Producao de polissacarideos extracelulares na forma coloidal liberados por microalgas dominantes de um reservatorio eutrofizado., BP.IC
03/06584-2 - Producao de polissacarideos extracelulares envoltorios (capsulas, bainhas e filmes aderentes) em microalgas dominantes de um reservatorio eutrofizado., BP.IC
+ mais bolsas vinculadas 03/00084-8 - Associações algas/bactérias vinculadas aos polissacarídeos extracelulares de espécies fitoplanctônicas de água doce: sucessão de populações bacterianas e alterações físico-químicas dos polissacarídeos, BP.PD
02/02517-6 - Comunidade fitoplanctonica do reservatorio de barra bonita e sua relacao com a quantidade e composicao dos polissacarideos extracelulares e dos agregados mucilaginosos., BP.DR
02/04117-5 - Relações qualitativas e quantitativas das glicosidases com os polissacarídeos extracelulares de origem algal no reservado de Barra Bonita, BP.DR
02/01680-0 - Produção e destino dos polissacarídeos extracelulares de origem algal em um reservatório eutrofizado do Rio Tietê: estudo de processos, BP.TT
00/06052-2 - Estudos dos processos de permeabilidade e transporte de moleculas e ions atraves de capsulas e bainhas mucilaginosas de microalgas de agua doce, utilizando a tecnica de ressonancia paramagnetica ..., BP.PD
00/05518-8 - Producao de polissacarideos extracelulares por anabaena spiroides, aulocoseira granulata v. granulata e microcystis aeruginosa em culturas axenicas., BP.IC
00/07202-8 - Estudo das relacoes interespecificas alga/bacteria vinculadas aos excretados algais de baixa massa molecular., BP.IC
00/03122-0 - O papel dos carboidratos algais extracelulares na dinâmica de metais no reservatório de Barra Bonita, BP.DR
00/05517-1 - Producao de particulas gelatinosas transparentes (tep) e agregados gelatinosos por exopolissacarideos extracelulares de anabaena spiroides e cryptomonas obovata., BP.IC
00/04355-8 - Produção e destino dos polissacarídeos extracelulares de origem algal em um reservatório eutrofizado do Rio Tietê: estudo de processos, BP.TT - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Microalgas  Carbono  Metal pesado do solo  Polissacarídeos  Rios  Rio Tietê  Rio Piracicaba 

Resumo

O reservatório de Barra Bonita, formado pela junção dos rios Piracicaba e Tietê, com uma aérea de cerca de 384 Km², é o primeiro de uma série de seis grandes reservatórios localizados na bacia do médio Tietê a qual tem uma área de cerca de 33,000 km² e possui uma população de 5 milhões de habitantes. Dista a 250 km da populosa (15 milhões de habitantes) cidade de São Paulo, capital do Estado, da qual recebe parte dos seus despejos domésticos e industriais. O reservatório foi construído com a finalidade de geração de energia hidroelétrica, mas atualmente é também bastante utilizado para fins de irrigação, abastecimento urbano de água, pesca, e é um importante centro de recreação da região. Na barragem do reservatório foi construída uma eclusa, que o faz um elo importante no transporte hidroviário de mercadorias entre o rio Tietê e o rio Paraná, de importância para o Mercosul. Nos últimos 15 anos a produtividade primária oriunda das algas fitoplanctônicas triplicou (Calijuri, 1999) evidenciando uma aceleração do processo de eutrofização causada por acréscimo substancial das concentrações de macro e micronutrientes decorrentes de "imputs" de despejos domésticos, industriais e escoamento de áreas agrícolas. Os florescimentos de Cyanobacteria como Anabaena spp e Microcystis spp, estas potencialmente tóxicas, além de Aulacoseira spp, são periodicamente constantes e intensos, comprometendo a utilização das águas e pondo em risco a saúde dos que às utilizam. As altas taxas de sedimentação de material particulado, por outro lado, comprometem a vida útil do reservatório. A maioria das espécies dominantes no reservatório são grandes produtoras de polissacarídeos extracelulares (Nabaena spp, Microcystis spp, Ankira sp, Kirchneriella obesa, Staurastrum spp etc), e são as principais responsáveis pela produção de aproximadamente 12,000 ton/ano de carbono na forma de carboidrato extracelular (C-CHO), número estimado com base na produtividade primária obtida por vários autorescitados no projeto. Esses compostos, ricos em carbono, representam uma parcela importante da matéria orgânica produzida pela fotossíntese que é disponibilizada, sem a necessidade da morte da célula produtora, para agirem diretamente como substratos para organismos heterotróficos, complexação de metais, produção de TEP (transparent exopolimer particle), produção de substâncias húmicas, transporte de carbono para o sedimento e, potencialmente, transporte de metais tóxicos para a cadeia trófica e sedimentos. Os polissacarídeos extracelulares de origem algal (EPS) podem, também, promover associações específicas alga/bactéria nas quais o EPS serviria como fonte de carbono e substrato mecânico, quando na forma de bainhas e cápsulas gelatinosas em torno da célula algal (ficosfera). Este projeto se propõe, portanto, a estudar as possíveis funções ecológicas do papel dos EPS, os quais representam uma parcela considerável do ciclo do carbono em ambientes aquáticos e estudar rotas de ciclagem do carbono rotineiramente não abordadas. O projeto prevê que os dados obtidos nesses estudos poderão ser utilizados em monitoramentos de eutrofização e em programas de recuperação de corpos d'água cutrofizados. Outro produto do desenvolvimento do projeto seria o treinamento de pessoal para a utilização de técnicas limnológicas não convencionais... (AU)

Publicações científicas (12)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CHOUERI, RODRIGO B.; MELÃO, MARIA DA GRAÇA G.; LOMBARDI, ANA T.; VIEIRA, ARMANDO A. H. Effects of cyanobacterium exopolysaccharides on life-history of Ceriodaphnia cornuta SARS. Journal of Plankton Research, v. 29, n. 4, p. 339–345, 2007.
GIROLDO, DANILO; ORTOLANO, PEDRO I. C.; VIEIRA, ARMANDO A. H. Bacteria-algae association in batch cultures of phytoplankton from a tropical reservoir: the significance of algal carbohydrates. Freshwater Biology, v. 52, n. 7, p. 1281-1289, 2007.
NORDI, CRISTINA SOUZA FREIRE; CAVAGLIERE, THAYS GABRIELLE WENZEL FERREIRA; VIEIRA, ARMANDO AUGUSTO HENRIQUES; NASCIMENTO, OTACIRO RANGEL. Efeito caotrópico do íon lítio na permeabilidade da cápsula polissacarídica da microalga Ankistrodesmus gracilis (Reinsch) Korsikov (Chlorophyceae). Acta Botanica Brasilica, v. 20, n. 2, p. 449-454, 2006.
VIEIRA‚ AH; GIROLDO‚ D.; ORTOLANO‚ PI. Aggregate formation in axenic and microbial co-inoculated batch cultures of Aulacoseira granulata (Bacillariophyceae). Acta Limnologica Brasiliensia, v. 18, n. 1, p. 1-7, 2006.
GOUVÊA, S. P.; VIEIRA, A. A. H.; LOMBARDI, A. T. Copper and cadmium complexation by high molecular weight materials of dominant microalgae and of water from a eutrophic reservoir. Chemosphere, v. 60, n. 9, p. 1332-1339, Sept. 2005.
GIROLDO, DANILO; VIEIRA, ARMANDO A. H.; PAULSEN, BERIT S. Extracellular polysaccharides produced by a tropical cryptophyte as a carbon source for natural bacterial populations. European Journal of Phycology, v. 40, n. 3, p. 241-249, Aug. 2005.
BITTAR‚ TB; COLOMBO‚ V.; VIEIRA‚ AAH. Release of Organic Carbon by Cells of Microcystis aeruginosa (Cyanobacteria) in Culture under Different Irradiances.. Acta Limnologica Brasiliensia, v. 17, n. 1, p. 15-26, 2005.
GIROLDO‚ D.; VIEIRA‚ A.A.H.; PAULSEN‚ B.S. Microbial degradation of extracellular polysaccharides released by a tropical strain of Staurastrum orbiculare (Zygnematophyceae). PHYCOLOGIA, v. 44, n. 6, p. 671-677, 2005.
LOMBARDI‚ AT; HIDALGO‚ TMR; VIEIRA‚ AAH. Copper complexing properties of dissolved organic materials exuded by the freshwater microalgae Scenedesmus acuminatus(Chlorophyceae). Chemosphere, v. 60, n. 4, p. 453-459, 2005.
ARRUDA FATIBELLO‚ S.H.S.; HENRIQUES VIEIRA‚ A.A.; FATIBELLO-FILHO‚ O. A rapid spectrophotometric method for the determination of transparent exopolymer particles (TEP) in freshwater. Talanta, v. 62, n. 1, p. 81-85, 2004.
GOUVÊA‚ S.P.; VIEIRA‚ A.A.H.; LOMBARDI‚ A.T. No effect of N or P deficiency on capsule regeneration in Staurodesmus convergens (Zygnematophyceae‚ Chlorophyta). PHYCOLOGIA, v. 41, n. 6, p. 585-589, 2002.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.