Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento e avaliação de um produto simbiótico a base de extratos de soja e yacon sobre a população de bifidobactérias intestinais e resposta imune local em adultos idosos

Processo: 07/55333-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2007 - 30 de novembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos
Pesquisador responsável:Elizeu Antonio Rossi
Beneficiário:Elizeu Antonio Rossi
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Microbioma gastrointestinal  Yacon  Alimentos funcionais  Bifidobacterium  Imunidade 

Resumo

O aumento da expectativa de vida no Brasil e no mundo gera novas preocupações à sociedade, considerando-se que adultos idosos apresentam-se mais suscetíveis a infecções e outras patologias, as quais estariam vinculadas não somente às alterações biológicas normais do envelhecimento, mas também a mudanças na resposta imune. Neste contexto, o equilíbrio bacteriano intestinal parece passar por modificações, tais como redução ou mudanças das espécies de bifidobactérias residentes, o que implicaria em declínio da resposta imune. Opostamente, uma microbiota intestinal equilibrada resulta em melhoria na qualidade de vida, à medida que pode aumentar a resistência a bactérias patogênicas e estimular a resposta imune, reduzindo o risco de câncer. Desta forma, os alimentos funcionais, em parte representados pelos probióticos e prebióticos, constituem estratégias atrativas para a redução das mudanças desfavoráveis da microbiota intestinal em indivíduos idosos. Em adição, o tubérculo yacon, vem sendo considerado como uma nova fonte potencial de prebiótico para a indústria de alimentos e suplementos dietéticos. Frente ao exposto, parece-nos justificável o desenvolvimento de um alimento funcional, utilizando extratos aquosos de soja e de yacon (substrato prebiótico) e microrganismos probióticos da espécie Bifidobacterium. O produto simbiótico será direcionado à população de adultos idosos, visando preservar ou melhorar a saúde e bem-estar através da relação microbiota e imunidade intestinal. (AU)