Busca avançada
Ano de início
Entree

Aplicação de diferentes doses de vinhaça via gotejamento subsuperficial na cana-de-açúcar e suas implicações no solo e na planta

Processo: 10/00787-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2010 - 31 de julho de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Engenharia Agrícola - Engenharia de Água e Solo
Pesquisador responsável:Marcos Vinícius Folegatti
Beneficiário:Marcos Vinícius Folegatti
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Irrigação  Irrigação por gotejamento  Drenagem agrícola  Vinhaça 

Resumo

A escassez de água, a preocupação ambiental com os recursos hídricos, a expansão da área de cana-de-açúcar e, conseqüentemente, o aumento na produção do etanol são de grande relevância para o cenário agroindustrial atual. Assim sendo, ocorre aumento na geração de subprodutos do álcool, tal como a vinhaça. O grande volume de vinhaça e sua aplicação em áreas de cana-de-açúcar vêm sugerindo novas pesquisas em relação ao deslocamento de seus componentes químicos ao longo do perfil de solo e as respostas da planta a doses de vinhaça. O projeto de pesquisa objetiva estudar a aplicação de vinhaça via gotejamento em cana-de-açúcar e suas implicações no solo e na planta. O experimento será instalado na área experimental do Departamento de Engenharia Rural - ESALQ/USP, situada em Piracicaba-SP. Será adotado o delineamento inteiramente aleatorizado com 6 tratamentos e 4 repetições, diferenciados pelas doses de vinhaça. No início/fim de cada ciclo serão coletadas amostras de solo para sua caracterização física. Durante o ciclo da cultura serão realizados quinzenalmente o monitoramento da qualidade da vinhaça e sua percolação no perfil do solo em termos de condutividade elétrica (C.E), pH e concentrações dos íons K+, Ca2+, SO4-, Mg2+, NO3- e Cl-, via extrator de solução. As avaliações nas plantas englobarão altura de planta, número e diâmetro de colmos, distância de internódios e teor de clorofila nas folhas. Serão realizadas análise foliar no início de cada período fenológico. No final do ciclo da cultura será analisada a produtividade assim como as carcterísticas tecnológicas (pol%, oBrix, fibra e pureza). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
JULIANO ARAUJO MARTINS; PETERSON RICARDO FIORIO; JOSÉ A. M. DEMATTÊ; JARBAS HONORIO DE MIRANDA; JOÃO ALBERTO LELIS NETO. Sensoriamento remoto na determinação de atributos de um nitossolo sob aplicação de vinhaça. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 38, n. 3, p. 959-971, Jun. 2014.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.