Busca avançada
Ano de início
Entree

Interação local do hormônio tiroideano com o sistema dos adrenoceptores alfa 2 no desenvolvimento e crescimento do osso endocondral: uma avaliação em cultura de órgão e cultura primária de condrócitos

Processo: 15/10671-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2015 - 31 de outubro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Anatomia
Pesquisador responsável:Cecilia Helena de Azevedo Gouveia
Beneficiário:Cecilia Helena de Azevedo Gouveia
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Condrócitos  Desenvolvimento ósseo  Sistema nervoso simpático  Hormônios tireóideos  Receptores adrenérgicos alfa  Lâmina de crescimento  Osso e ossos 

Resumo

Sabe-se que o hormônio tiroideano (HT) é fundamental para o desenvolvimento ósseo normal. Contudo, os mecanismos através dos quais o HT regula esses processos são pouco entendidos. Recentemente, o sistema nervoso simpático (SNS) foi identificado como um potente regulador do metabolismo ósseo. Estudos do nosso grupo mostraram que os adrenoceptores ±2 (±2-AR) medeiam ações do SNS no esqueleto, e que este sistema interage com o HT para regular a massa e estrutura ósseas. Identificamos, ainda, a presença dos adrenoceptores ±2A, ±2B, e ±2C (±2A-AR, ±2B-AR, e ±2C-AR) nas lâminas epifisiais (LE) de camundongos. Em camundongos com deleção gênica isolada do ±2A-AR e ±2C-AR (±2A-AR-/- e ±2C-AR-/-), observamos que a morfologia da LE é alterada, que os ossos longos são menores em relação àqueles de animais selvagens (Selv) e que há atraso na ossificação endocondral. Além disso, demonstramos que os efeitos do HT na morfologia da LE e no crescimento longitudinal ósseo também estão alterados em camundongos ±2A-AR-/- e ±2C-AR-/- em comparação aos animais Selv. Esses achados sugerem fortemente que o HT também interage com o SNS para regular o crescimento e desenvolvimento ósseos. Por outro lado, ainda não é claro se as ações do SNS e se a sua interação com o HT ocorrem diretamente no esqueleto. Através de um sistema de cultura de órgão de fêmures e tíbias e de cultura primária de condrócitos, derivados de animais Selv, ±2A-AR-/- e ±2C-AR-/-, este estudo tem como objetivos investigar (i) se o ±2A-AR e ±2C-AR têm ação direta, ou seja, local (esquelética) no crescimento e desenvolvimento ósseos de camundongos; e (ii) se o HT interage com a via de sinalização do ±2A-AR e/ou ±2C-AR, localmente no esqueleto, para regular esses processos. Os achados deste estudo poderão elucidar novos mecanismos através dos quais o HT regula o desenvolvimento esquelético. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARTINS, GISELA M.; TEIXEIRA, MARILIA B. C. G.; SILVA, V, MARCOS; NEOFITI-PAPI, BIANCA; MIRANDA-RODRIGUES, MANUELA; BRUM, PATRICIA C.; GOUVEIA, CECILIA H. A. Global Disruption of alpha 2A Adrenoceptor Barely Affects Bone Tissue but Minimizes the Detrimental Effects of Thyrotoxicosis on Cortical Bone. FRONTIERS IN ENDOCRINOLOGY, v. 9, AUG 28 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.