Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da expressão de c-kit e Ki67 em próstatas caninas normais, pré-neoplásicas e com carcinoma

Processo: 17/24582-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de fevereiro de 2018 - 31 de julho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Renee Laufer Amorim
Beneficiário:Renee Laufer Amorim
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Oncologia veterinária  Western blotting  Imuno-histoquímica 

Resumo

A expressão de c-KIT tem sido relacionada à metástase óssea no câncer de próstata humano, no entanto, não existem estudo avaliando a expressão de c-KIT em tecido prostático canino e sua relação com o processo metastático. Este estudo avaliou a expressão de c-KIT e Ki67 no câncer de próstata (CP) canino. A expressão gênica e proteica de c-KIT e a expressão proteica de Ki67 foram avaliadas em quarenta e quatro amostras de tecidos prostáticos caninos por imuno-histoquímica, RT-qPCR e western blotting. Além disso, investigamos a expressão da proteína c-KIT por western blotting em duas linhas celulares primárias de câncer de próstata canina. Foram analisadas onze próstatas normais, 12 próstatas com atrofia inflamatória proliferativa (PIA), 18 CP, 3 lesões metastáticas e duas culturas de células de câncer de próstata (PC1 e PC2). O tecido prostático exibiu diferentes graus de marcação membranosa, citoplasmática ou membranosa/citoplasmática de c-KIT. Quatro próstatas normais, 4 PIA e 5 CP apresentaram expressão positiva de c-KIT. Não foi observada imuno-expressão de c-KIT nas metástases. O CP e as amostras de PIA continham um maior número de células positivas para Ki67 em comparação com as amostras normais. A quantificação relativa média (QR) para a expressão de c-KIT nas amostras normais, com PIA, CP e amostras metastáticas foram 0,6 (0,1-2,5), 0,7 (0,09-2,1), 0,7 (0,09-5,1) e 0,1 (0,07-0,6), respectivamente. Observou-se uma correlação positiva entre o número de células Ki67-positivas e os níveis de transcritos do gene c-KIT em amostras de CP. Da cultura celular, a amostra PC1 foi negativa para a expressão da proteína c-KIT, enquanto a célula PC2 foi fraco-positivo. O presente estudo identificou uma forte correlação entre a expressão de c-KIT e o índice proliferativo, sugerindo que o c-KIT pode influenciar a proliferação celular. Portanto, a expressão de proteína c-KIT foi heterogênea entre as amostras de CP (cinco amostras positivas e treze negativas) indica uma abordagem personalizada para câncer de próstata canina. (AU)