Busca avançada
Ano de início
Entree

Interação entre os Receptores Opióides Kappa e a via Óxido Nítrico/GMP cíclico no Sistema Nervoso Central no Desenvolvimento da Anapirexia Induzida por Hipóxia

Processo: 08/07698-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2009
Vigência (Término): 30 de abril de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Pesquisador responsável:Kênia Cardoso Bícego
Beneficiário:Carolina da Silveira Scarpellini
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Óxido nítrico sintase   Nitratos   Nitritos   Receptores de AMP cíclico   GMP cíclico   Regulação da temperatura corporal

Resumo

A hipóxia causa uma queda regulada na temperatura corporal (Tc) denominada anapirexia, cuja indução parece ocorrer por uma combinação de mediadores químicos atuando na área pré-óptica do hipotálamo (POA). Dentre esses agentes, o óxido nítrico (NO) constitui um dos mais importantes indutores de anapirexia, atuando via aumento da concentração de GMP cíclico (GMPc) intracelular. Por outro lado, os opióides endógenos atuando em receptores kappa também são sugeridos participarem no desenvolvimento dessa resposta. Observou-se que a micro-injeção intracerebroventricular (icv) de agonista seletivo de receptores kappa, U50488H, causa redução tanto da Tc quanto da temperatura ambiente de preferência de ratos, indicando uma queda regulada da Tc. Além disso, recentemente, demonstramos que a micro-injeção especificamente na POA de antagonista seletivo de receptores kappa, nor-BNI, inibe a anapirexia induzida por hipóxia. Alguns estudos sugerem que o U50488H causa queda de Tc por um mecanismo dependente de NO, mas não se sabe sobre a interação entre receptores kappa e a via do NO/GMPc durante a exposição à hipóxia. Assim, o objetivo do presente projeto será verificar se o efeito anapirético dos receptores kappa durante a hipóxia está associado a alterações das concentrações de NO, GMPc e/ou AMPc na POA de ratos. Para isso será medida a Tc e as concentrações de nitrito/nitrato (produtos estáveis do metabolismo do NO), GMPc e AMPc na POA de animais em normóxia após administração icv de U50488H. Além disso, as mesmas variáveis acima serão medidas durante a normóxia e a hipóxia após a micro-injeção icv de Nor-BNI.