Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da correlação entre a modulação autonômica cardíaca e parâmetros metabólicos em mulheres com síndrome do ovário policístico

Processo: 08/08911-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 30 de setembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Hugo Celso Dutra de Souza
Beneficiário:Nathália Sigilló Cardoso
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Metabolismo   Modulação autonômica cardíaca   Síndrome do ovário policístico

Resumo

Mulheres com síndrome do ovário policístico (SOPC) apresentam alta prevalência de obesidade. Esta doença está associada, além da obesidade, a resistência à insulina e hiperinsulinemia, aumentando o risco de doenças cardiovasculares. Nossa hipótese baseia-se na possibilidade de que essa síndrome endócrino-metabólica tambémpromova alterações autonômicas relevantes, prejudicando o controle autonômico cardíaco,independentemente das comorbidades, como a obesidade. Portanto, nosso objetivo serácaracterizar o comprometimento da modulação autonômica cardíaca em mulheres comovário policístico na presença de diferentes graus de obesidade. Para tanto, voluntárias (18a 39 anos) que apresentem diferentes porcentagens de gordura corporal, com e semsíndrome do ovário policístico não tratada, serão submetidas à análise da modulaçãoautonômica cardíaca em associação a análise da composição corporal, exames laboratoriaispara dosagens séricas de triglicérides, colesterol e frações, glicemia em jejum e tolerância à glicose, insulina e sensibilidade à insulina, catecolaminas, leptina, adiponectina e fator TNF-alfa.