Busca avançada
Ano de início
Entree

Participação das células natural killer hepáticas (PIT) no fígado de cães com leishmaniose visceral

Processo: 09/15736-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Rosemeri de Oliveira Vasconcelos
Beneficiário:Pamela Rodrigues Reina Moreira
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Leishmaniose visceral animal   Cães   Resposta imune   Imunopatologia

Resumo

A Leishmaniose Visceral é uma zoonose cosmopolita, cujo agente etiológico é o protozoário Leishmania. O homem, mamíferos domésticos e silvestre e um vetor invertebrado estão envolvidos no ciclo evolutivo deste parasito. Os cães infectados pelo protozoário Leishmania (Leishmania) chagasi podem ou não apresentar sinais clínicos dessa zoonose de evolução crônica. Por esse fato, o cão torna-se a principal fonte de infecção para o homem. Neste estudo serão utilizados cães sacrificados no Centro de Controle de Zoonoses de Araçatuba, município endêmico para a Leishmaniose Visceral Canina (LVC). Os Centros de Controle de Zoonoses dos municípios endêmicos para a doença fazem a eutanásia de centenas de animais com diagnóstico positivo. Com isso, nunca é possível acompanhar a evolução dessa enfermidade. Sabe-se que muitos órgãos são acometidos pela presença do protozoário, pela resposta inflamatória ou pela deposição de imunocomplexos. Em pesquisas recentes considera-se o fígado um órgão capaz de eliminar L. (L.) chagasi. Portanto, neste projeto pretende-se avaliar esse aspecto, por meio da técnica de imunoistoquímica, a imunodetecção de citocinas pró e antiinflamatórias (TGF-b, TNF-a), da densidade de células Pit e de células em apoptose e da carga parasitária hepática, em cães infectados, nos diferentes estágios clínicos de LVC. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
REINA MOREIRA, PAMELA RODRIGUES; FRANCISCATO, DOUGLAS AUGUSTO; ROSSIT, SABRINA MICELLI; MUNARI, DANISIO PRADO; VASCONCELOS, ROSEMERI DE OLIVEIRA. Influence of apoptosis on liver and spleen resistance in dogs with visceral leishmaniosis. Revista Brasileira de Parasitologia Veterinária, v. 25, n. 3, p. 341-347, JUL-SEP 2016. Citações Web of Science: 2.
PAMELA RODRIGUES REINA MOREIRA; DOUGLAS AUGUSTO FRANCISCATO; SABRINA MICELLI ROSSIT; DANÍSIO PRADO MUNARI; ROSEMERI DE OLIVEIRA VASCONCELOS. Influence of apoptosis on liver and spleen resistance in dogs with visceral leishmaniosis. Revista Brasileira de Parasitologia Veterinária, v. 25, n. 3, p. 342-347, Set. 2016.
MOMO, CLAUDIA; DE SOUZA ROCHA, NATHALIA ALVES; REINA MOREIRA, PAMELA RODRIGUES; MUNARI, DANISIO PRADO; MOGAMI BOMFIM, SUELY REGINA; ROZZA, DANIELA BERNADETE; VASCONCELOS, ROSEMERI DE OLIVEIRA. Morphological changes and parasite load of the adrenal from dogs with visceral leishmaniasis. Revista Brasileira de Parasitologia Veterinária, v. 23, n. 1, p. 30-35, Mar. 2014. Citações Web of Science: 2.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MOREIRA, Pamela Rodrigues Reina. Resposta imune diferenciada no fígado e no baço de cães com leishmaniose visceral. 2013. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.