Busca avançada
Ano de início
Entree

Perfil de expressão dos genes da cascata de determinação e diferencia cão sexual no desenvolvimento embrionário e larval de Apis mellifera ( Hymenoptera: Apidae

Processo: 07/57326-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Zilá Luz Paulino Simões
Beneficiário:Flávia Cristina de Paula Freitas
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/03926-5 - Genômica funcional de Apis mellifera: busca de novos genes e redes funcionais no contexto do desenvolvimento, da diferenciação de castas e da reprodução, AP.TEM
Assunto(s):Genética do desenvolvimento   Biologia computacional   Apis mellifica   Biologia molecular

Resumo

O gene dsx está entre os genes mais conservados que participam da determinação do sexo em insetos. O gene dsx codifica um fator de transcrição do tipo "Zinc-finger" (DSX), que regula a transcrição sexo-específico de vários genes-alvo. Em D. melanogaster, o pré-mRNA do gene dsx sofre processamento alternativo que determina duas isoformas para o DSX: DSXF e DSXM, expressos em fêmeas e em machos, respectivamente. A função melhor caracterizada do DSX é a regulação da expressão das proteínas do ovo em D. melanogaster, yp-1 e yp-2. A isoforma DSXF, juntamente com os fatores IX e BZIP-1, se ligam a sítios específicos do promotor do gene yp-1, denominado "fat body enhancer" (FBE), para ativar a transcrição deste gene no corpo gorduroso de D. melanogaster. Análises das regiões promotoras dos genes das famílias de Vitelogeninas e Hexamerinas em insetos revelaram que a Amvg e Bmvg possuem alguns sítios de DSX e Bzipl em comum, mas divergem principalmente no módulo FBE que parece ocorrer somente em yp-1 e Bmvg. As análises das regiões promotoras mostraram que Amhex110 é candidata a ser regulada diferencialmente por apresenta um módulo semelhante ao FBE. O presente projeto tem como principal objetivo identificar potenciais genes-alvo de DSX por ferramentas de bioinformática. O silenciamento de dsx por RNA de interferência será utilizado como estratégia para validação das análises computacionais. A verificação da efetividade do silenciamento será feita pela técnica de PCR em tempo real e fornecerá uma medida objetiva na função de DSX no perfil de expressão dos genes-alvo identificados. (AU)