Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do exercício físico agudo e da interleucina-6 na fosforilação da tub induzida por insulina e leptina em hipotálamo e tecido adiposo de Camundongos C57BL/6

Processo: 10/18918-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2010
Vigência (Término): 30 de setembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Patrícia de Oliveira Prada
Beneficiário:Thayana de Oliveira Micheletti
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/55674-8 - Regulação da proteína TUB em núcleos hipotalâmicos: efeitos da leptina, insulina, jejum, idade e dieta hiperlipídica, AP.JP
Assunto(s):Hipotálamo   Leptina   Exercício físico   Endocrinologia   Interleucina-6   Insulina

Resumo

A obesidade é hoje um dos mais importantes problemas de saúde pública no mundo. Especula-se que seu crescimento esteja associado a mudanças no estilo de vida como aumento do sedentarismo e consumo elevado de alimentos ricos em gorduras saturadas. Estatísticas populacionais mundiais indicam que o sedentarismo gerado pela industrialização e o fácil acesso ao computador tem papel fundamental na indução de obesidade. O exercício físico de média à alta intensidade afeta o balanço energético por aumentar o gasto energético e reduzir a ingestão alimentar. Portanto, é de grande interesse entender os mecanismos moleculares desencadeados pelo exercício físico que melhoram a sensibilidade à insulina e leptina na prevenção e também no tratamento da obesidade. A proteína tub tem sido considerada um sensor energético central por localizar-se, predominantemente, em áreas hipotalâmicas que modulam a ingestão alimentar e o gasto energético e sua deleção ou mutação induz obesidade e resistência à insulina. Além disso, a tub é co-localizada com os receptores de insulina em neurônios. Resultados preliminares do projeto JP (2008/55674-8), ao qual esse projeto está vinculado, demonstraram que a tub é substrato da insulina e leptina em hipotálamo de animais normais e que animais obesos têm uma redução da fosforilação em tirosina da tub após o estímulo com esses hormônios. Assim, os objetivos do presente estudo são: 1) investigar o efeito do exercício físico agudo nos níveis hipotalâmicos e grau de fosforilação (induzida por leptina e insulina) da tub in vivo; 2)investigar se o efeito do exercício físico agudo na regulação da tub pela insulina e leptina é decorrente do aumento de expressão de IL-6 em hipotálamo in vivo. Um estudo recente demonstrou que a tub é expressa em adipócitos em cultura primária e que é regulada pela insulina nessas células. Entretanto, se o exercício físico agudo pode influenciar a regulação da tub pela insulina em tecido adiposo ainda não foi estudado. Portanto, o terceiro objetivo do estudo é investigar o efeito do exercício físico agudo nos níveis e grau de fosforilação (induzida por insulina) da tub in vivo em tecido adiposo.