Busca avançada
Ano de início
Entree

Doença Óssea em pacientes com Nefrite Lúpica: Aspectos Inflamatórios

Processo: 11/08100-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2011
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Vanda Jorgetti
Beneficiário:Giovanna Passanante Castiglioni
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Nefrologia   Nefrite lúpica

Resumo

As prevalências de osteoporose e osteopenia em portadores de Lupus Eritematoso Sistêmico (LES) variam de 4-23% e 25-46%, respectivamente. Além dos fatores de risco tradicionais, os portadores de LES são susceptíveis a fatores associados à doença e/ou seu tratamento, tais como: redução de atividade física; uso de glicocorticóides; baixos níveis de vitamina D (devido às recomendações para fotoproteção e à perda urinária de metabólitos da vitamina D associada à Nefrite Lúpica); e atividade inflamatória per si.Apesar da relevância clínica, ainda são escassos na literatura estudos a respeito das alterações ósseas nessas pacientes. Além disso, a maior parte destes estudos se limita a avaliar a doença óssea por meio de densitometria e marcadores de remodelação, parâmetros que não apresentam boa correlação com a dinâmica óssea, especialmente em portadores de disfunção renal.Visando reduzir a influência de possíveis fatores de confusão, a proposta deste trabalho é estudar o comprometimento ósseo (utilizando técnicas de histomorfometria, imunohistoquímica e cultura de osteoblastos) e suas correlações com o estado inflamatório sistêmico e renal, em pacientes com Nefrite Lúpica de diagnóstico recente, disfunção renal leve a moderada, e submetidas à baixa carga de corticóide. Nossa hipótese é de que a doença óssea nestas pacientes seja influenciada pela atividade inflamatória per si. A melhor compreensão de sua fisiopatologia é importante para aperfeiçoar sua abordagem profilática e terapêutica.