Busca avançada
Ano de início
Entree

Produção de fragmentos recombinantes de anticorpos obtidos a partir do cultivo de Pichia pastoris geneticamente modificada

Processo: 11/03766-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Pesquisador responsável:Adalberto Pessoa Junior
Beneficiário:Valker Araujo Feitosa
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Biotecnologia

Resumo

Atualmente, muitos processos imuno-inflamatórios têm sido associados às doenças atero-coronarianas, apontando para efeitos maléfico da ativação de macrófagos e um envolvimento benéfico de anticorpos e seus fragmentos dirigidos contra às lipoproteínas de baixa densidade (LDL) oxidadas. Com isto surge a necessidade da investigação dos métodos de obteção desses produtos, nos quais a biotecnologia têm sido muito utilizanda, recorrendo principalmente à engenharia genética, que utiliza microrganismos como modelo de expressão de proteínas. Nesses procesos destaca-se a Pichia pastoris, uma levedura metilotrófica de fácil manipulação, possui um forte agente indutor, é capaz de realizar modificações pós-translacionais, apresenta crescimento rápido e bons rendimentos. Diante disto, este projeto tem a finalidade de estudar a produção de fragmentos de anticorpos anti-LDL oxidada a partir do cultivo de P. pastoris geneticamente modificada utilizando meios de cultivo alternativos e diferentes condições operacionais. Inicialmente será estudada a influência de fontes alternativas de nitrogênio. Posteriormente será avaliada a influência das variáveis (concentração do inóculo, concentração do indutor, agitação, pH e temperatura). E finalmente será estudada a cinética de produção dos fragmentos de anticorpos em biorreator de 3 L selecionando as melhores condições indicadas pelos planejamentos fatoriais. A obtenção desse produto biotecnológico será de grande importância para o desenvolvimento de novas pesquisas biomédicas e merecem destaque na prevenção, no tratamento e no diagnóstico de doenças cardiovasculares, como a aterosclerose. (AU)