Busca avançada
Ano de início
Entree

Interação de proteínas de membrana de Leptospira com os reguladores fator H e C4BP do sistema complemento humano

Processo: 11/13029-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de setembro de 2011
Vigência (Término): 31 de maio de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunoquímica
Pesquisador responsável:Lourdes Isaac
Beneficiário:Mónica Marcela Castiblanco Valencia
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Leptospira   Fator H do complemento   Proteína de ligação ao complemento C4b   Plasminogênio   Fibrinolisina

Resumo

A Leptospirose, causada por bactérias espiroquetas do gênero Leptospira, é uma zoonose de distribuição mundial com maior incidência em áreas tropicais e subtropicais. Após a entrada no hospedeiro, Leptospiras patogênicas, quando presentes em grande número, são capazes de sobreviver, se multiplicar e desencadear uma resposta imune específica. Isto se deve, basicamente, a dois mecanismos: a habilidade de escapar aos mecanismos de defesa do hospedeiro, dentre os quais os sistemas fagocitário e complemento, e a capacidade de aderir à matriz extra-celular. Há cerca de três anos, relatou-se a aquisição de Fator H (FH) do soro humano por Leptospiras patogênicas e, mais recentemente, nossa equipe demonstrou que, além de se ligar ao FH, Leptospiras patogênicas também são capazes de interagir com C4b Binding Protein (C4BP). A aquisição desses dois reguladores de fase fluida do sistema complemento por esses patógenos representam, muito provavelmente, um importante mecanismo de evasão imune. Até então, apenas duas proteínas de membrana de Leptospira (LenA e LenB) com a propriedade de interagir com FH foram descritas. Em outras bactérias espiroquetas (gênero Borrelia) inúmeras lipoproteínas conhecidas como CRASPs ("Complement Regulator-Acquiring Surface Proteins") são capazes de se ligar a FH e/ou a FHL-1, uma variante de FH esta última resultante do splicing alternativo do gene Hf. Portanto, é possível que existam várias outras proteínas de membrana de Leptospira envolvidas no processo de evasão ao sistema imune inato. Dada a escassez de dados na literatura concernentes à caracterização de fatores relacionados à patogênese da Leptospirose, este projeto de pesquisa investigará proteínas de membrana de L. interrogans envolvidas no processo de evasão ao sistema imune, com particular enfoque na interação com FH e C4BP, dois importantes reguladores do sistema complemento do hospedeiro. Desejamos também investigar a participação de plasminogênio/plasmina na evasão desta bactéria, inibindo a ativação do sistema complemento. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
VALENCIA, Mónica Marcela Castiblanco. Interação de proteínas de membrana de Leptospira com os reguladores Fator H e C4BP do sistema complemento humano.. 2014. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.