Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da interação entre Hsp90 e co-chaperonas com domínio TPR

Processo: 11/16047-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Pesquisador responsável:Carlos Henrique Inacio Ramos
Beneficiário:Ana Luíza Assin Squillace
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Calorimetria   Dobramento de proteína   Proteínas   Purificação de proteínas

Resumo

Chaperonas moleculares, também conhecidas como proteínas de choque térmico (Heat shock protein, Hsp) atuam prevenindo a agregação e o enovelamento incorreto de proteínas. O enovelamento incorreto da proteína causa perda de função, como em alguns tipos de câncer e doenças neurodegenerativas, e diminuem a expectativa de vida. Estes efeitos deletérios motivam o desenvolvimento de compostos que possam, por exemplo, induzir a expressão ou modular a função das chaperonas moleculares. Deste modo, o estudo da interação entre proteínas e a busca por compostos que possam modular a função das chaperonas tornou-se de extrema importância para o avanço do conhecimento científico sobre diversos mecanismos celulares e para a busca de novos fármacos para o aumento da produção de proteínas enoveladas corretamente e diminuição do número de agregados em condições patológicas. A chaperona Hsp90 é importante para a fisiologia celular, pois está envolvida na estabilização de diversas proteínas relacionadas à sinalização, e recentemente foi implicada com a estabilização do fenótipo tumoral de diversos tipos de câncer. A interação com co-chaperonas, proteínas auxiliares das chaperonas, permite que a Hsp90 atue como uma proteína 'hub', ou seja um ponto central de regulação de diversas proteínas e de diversas vias de regulação. A intervenção na interação da Hsp90 com co-chaperonas é portanto uma estratégia potencialmente efetiva para intervir na função desta chaperona. Muitas destas co-chaperonas possuem um domínio TPR que interagem com um motivo específico MEEVD localizado no C-terminal da Hsp90. Nosso objetivo é usar a técnica de microcalorimetria de titulação isotérmica (ITC) para a caracterização termodinâmica de interações entre este peptídeo e diversas co-chaperonas contendo o domínio TPR para definir os parâmetros de interação para gerar conhecimento que permita a criação de estratégias de intervenção na interação entre estas proteínas. Nossa proposta está apoiada também em resultados prévios do nosso grupo sobre a caracterização termodinâmica da interação do domínio C-terminal da Hsp90 com uma co-chaperona TPR.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.