Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento e validação de métodos de avaliação da atenção visual em ambiente de realidade virtual

Processo: 12/16668-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2012
Vigência (Término): 31 de outubro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Renato Teodoro Ramos
Beneficiário:Jessica Barreira Alves Falkenstein
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Psicofisiologia   Realidade virtual   Atenção visual   Ansiedade social

Resumo

Realidade Virtual (RV) é um termo que descreve diversas tecnologias de interface avançada entre um usuário e um sistema computacional, de forma a criar estímulos visuais e auditivos que induzem no usuário a sensação de estar em um ambiente que pode ser muito diferente do ambiente em que ele se encontra de fato. A possibilidade de criar e manipular ambientes em condições controladas tem motivado o uso desta tecnologia tanto para o tratamento de transtornos mentais, especialmente de natureza fóbico-ansiosa, como também para o estudo de interações com objetos ou entre indivíduos. Técnicas de RV podem fornecer ambientes realistas capazes de provocar reações fisiológicas similares àquelas observadas na exposição a situações reais equivalentes. O contexto virtual propicia um controle preciso dos estímulos visuais e auditivos aos quais o indivíduo está exposto ao mesmo tempo em que permite monitorar suas reações fisiológicas a situações muito semelhantes às reais. O estudo dos fenômenos ligados à atenção visual é particularmente importante para o desenvolvimento de novas técnicas de tratamento em RV. Como o ambiente virtual permite combinar o controle do ambiente com a realização de experimentos psicofísicos, presume-se que esta técnica possa contribuir para o entendimento da fisiopatologia de transtornos mentais em que características físicas do ambiente possam ter papel relevante na evocação dos sintomas. Este projeto visa avaliar o quanto medidas já consagradas de acurácia de respostas e tempos de reação são aplicáveis a experimentos realizados em contexto de realidade virtual. Este estudo se justifica porque a imersão em RV exige uma série mais longa de passos computacionais em relação aos experimentos clássicos realizados em computador. Conhecer os atrasos introduzidos pela técnica de tempo de resposta e eventuais desconfortos é fundamental para o desenvolvimento de estudos psicofisiológicos em RV. Este projeto de iniciação científica está associado a outros projetos do Laboratório de Psicofísica em Realidade Virtual do Instituto de Psiquiatria HCFMUSP e está ligado a uma colaboração com o Programa de Pós-graduação em Psicologia da Saúde da Universidade Metodista de São Paulo (LH e FINEP). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)