Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de biomarcadores para detecção de neoplasia maligna em mulheres com tumor anexial

Processo: 12/24143-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2013
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Sophie Françoise Mauricette Derchain
Beneficiário:Heloisa Takasu Peres
Instituição-sede: Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM). Hospital da Mulher Professor Doutor José Aristodemo Pinotti. Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Ovário   Biomarcadores   Neoplasias

Resumo

Este projeto faz parte de uma linha de pesquisa que avalia os achados clínicos, ultrassonográficos e bioquímicos como preditores de malignidade em mulheres com tumores anexiais. O objetivo deste projeto é avaliar a acurácia dos marcadores CA 125, HE4 e mesotelina isoladamente e combinados com os achados ultrassonográficos e os sintomas no diagnóstico diferencial de tumores ovarianos em mulheres submetidas a laparotomia/laparoscopia por massa anexial. Sujeitos e métodos: para este estudo de validação diagnóstica estão sendo selecionadas as mulheres atendidas no ambulatório de oncologia pélvica -ovário por tumor anexial que iriam ser submetidas à laparoscopia ou laparotomia no Centro de Atenção Integral a Saúde da Mulher da Universidade Estadual de Campinas (CAISM-UNICAMP). São incluídas no grupo de pacientes, mulheres com 18 anos ou mais, com tumor anexial e indicação de avaliação cirúrgica, realizada no CAISM e para grupo controle, mulheres clinicamente saudáveis sem alteração ovariana confirmado por ultrasonografia da pelve ou exame ginecológico. São excluídas do estudo as mulheres que estavam fazendo tratamento por câncer, que tenham feito ooferectomia e as mulheres sabidamente grávidas. Até o momento, 312 mulheres com tumor de ovário e 156 mulheres saudáveis já foram incluídas neste estudo. O tamanho da amostra foi baseado na sensibilidade do CA 125 e HE4 em estudos anteriores, e assumindo-se um nível de significância de 5%, um poder do teste de 80%, e um erro para a sensibilidade de 12%, segundo o cálculo proposto por Flahaul, o número mínimo de casos seria n = 93 (malignos), e pela prevalência de malignidade, n = 149 benignos. O número de mulheres saudáveis, sem neoplasia ou massa anexial, foi idêntico ao numero de casos benignos n = 149, totalizando uma amostra de n = 391. Após admissão na pesquisa, todas as mulheres foram submetidas a uma entrevista estruturada sobre ocorrência de 24 sintomas associados a câncer de ovário nos 12 meses prévios à consulta. Todas as mulheres do grupo com tumor anexial são submetidas a ultrasonografia vaginal (associada ou não a exame abdominal) para avaliação das características do tumor, classificados segundo critérios bem definidos. As mulheres com indicação cirúrgica para diagnóstico e/ou tratamento são operadas no CAISM. O padrão-ouro é o diagnóstico histo-patológico das peças cirúrgicas. O sangue periférico das mulheres com tumores de ovário e dos controles saudáveis são coletados. O volume de 10ml de sangue periférico é coletado em tubo seco e colocado no gelo imediatamente. As amostras de sangue são deixadas em repouso por 30 minutos para formação do coágulo e depois centrifugados por 1200g por 10 minutos. O volume total de soro obtido é distribuído em alíquotas de 300µl e armazenado em freezer -80ºC para realização das medidas dos biomarcadores. Os primeiros trabalho decorrentes desta linha de pesquisa já foram desenvolvidos e um está publicado (Hartman CA, Juliato CR, Sarian LO, Toledo MC, Jales RM, Morais SS, Pitta DD, Marussi EF, Derchain S. Ultrasound criteria and CA-125 as predictive variables of ovarian cancer in women with adnexal tumors. Ultrasound Obstet Gynecol. 2012 May 30. doi: 10.1002/uog.11201). O segundo trabalho foi submetido a publicação para o American Journal of Obstetrics and Gynecology (Barreta A, Bastos J, Sarian L, Toledo MC, Hartman C, Sallum LF, Pitta D, Derchain S. Laparotomy and Laparoscopy for Diagnosis and Treatment of Adnexal Masses at a Brazilian Oncology Center and Factors That Led to Laparoscopy Failure. Com a avaliação dos marcadores tumorais, pretendemos complementar o objetivo geral do estudo que visa comparar os achados do ultrasom, dos sintomas e dos marcadores biológicos, isoladamente e em várias combinações, na diferenciação de tumores anexais. Iniciamos a coleta em 2010 e novos casos continuam sendo coletados.