Busca avançada
Ano de início
Entree

Em busca da normalidade: sendo-com adolescentes com insuficiência renal crônica

Processo: 12/21148-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2013
Vigência (Término): 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Pediátrica
Pesquisador responsável:Luciana de Lione Melo
Beneficiário:Marcela Astolphi de Souza
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Insuficiência renal crônica   Adolescentes   Pesquisa qualitativa

Resumo

Os avanços no processo diagnóstico e o desenvolvimento tecnológico e clínico no tratamento de diversas doenças têm contribuído para o aumento da sobrevida de crianças e adolescentes com doenças crônicas, pois aumentam a identificação precoce dos sinais e sintomas. Entretanto, mesmo com uma grande variedade terapêutica, as doenças crônicas causam danos físicos, emocionais e sociais, algumas vezes irreversíveis, exigindo cuidados constantes e adaptações diversas. A adolescência é considerada uma fase de transição gradual entre infância e o estado adulto, que se caracteriza por profundas transformações somáticas, psicológicas e sociais. Os adolescentes com insuficiência renal crônica (IRC) apresentam desafios únicos aos prestadores de cuidados e para o sistema de saúde como um todo. O impacto da IRC na vida cotidiana dos adolescentes e a percepção desses de si mesmo como pessoas em desenvolvimento, nos faz refletir sobre os cuidados de saúde oferecidos de modo a incluir a perspectiva dos mesmos. Desta forma, ouvi-los sobre suas perspectivas de mundo é essencial para um cuidado que valoriza o outro como sujeito de sua história. Trata-se de um estudo qualitativo, fundamentado na Fenomenologia, cuja entrevista será guiada pela questão norteadora: "como é ser adolescente com insuficiência renal crônica?. A pesquisa será realizada no Serviço de Enfermagem Pediátrica do Hospital de Clínicas da Unicamp e os sujeitos serão adolescentes hospitalizados com insuficiência renal crônica que estejam dispostos a relatarem suas experiências, por meio de entrevista aberta. Os discursos serão gravados em fita cassete e, posteriormente, transcritos na íntegra. Espera-se que através da compreensão das dificuldades expostas pelos adolescentes, neste estudo, a equipe de enfermagem consiga trabalhar de maneira diferenciada, melhorando o atendimento prestado a estes adolescentes.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SOUZA, Marcela Astolphi de. Em busca da normalidade : sendo-com adolescentes com insuficiência renal crônica. 2014. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Enfermagem.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.