Busca avançada
Ano de início
Entree

Uma contribuição à definição e automatização da atividade de teste para sistemas de realidade virtual

Processo: 13/14682-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2014
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Sistemas de Computação
Pesquisador responsável:Márcio Eduardo Delamaro
Beneficiário:Alinne Cristinne Corrêa dos Santos
Supervisor no Exterior: Yves Le Traon
Instituição-sede: Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa : Université du Luxembourg, Luxemburgo  
Vinculado à bolsa:12/06476-4 - Uma contribuição à definição e automatização da atividade de teste para sistemas de realidade virtual, BP.DR
Assunto(s):Realidade virtual

Resumo

O processo de desenvolvimento de software envolve uma série de atividades nas quais, apesar das técnicas, métodos e ferramentas empregados, erros no produto ainda podem ocorrer. Atividades agregadas têm sido introduzidas ao longo de todo o processo de desenvolvimento, entre elas as atividades de Verificação, Validação e Teste (VV&T), com o objetivo de minimizar a ocorrência de erros e riscos associados. Dentre as técnicas de verificação e validação, a atividade de teste é considerada fundamental no contexto da Engenharia de Software. Vários pesquisadores têm investigado os diferentes critérios de teste, buscando obter uma estratégia de teste com baixo custo de aplicação, mas ao mesmo tempo, com grande capacidade em revelar erros. Apesar da pesquisa nessa área ser diversificada em várias linhas, ainda existem lacunas, principalmente relacionadas à problemas específicos de alguns domínios de aplicação como, por exemplo, ambientes de Realidade Virtual (RV). A RV pode ser definida como uma técnica que permite a criação de ambientes sintéticos, gerados por computador e a utilização de canais multissensoriais, oferecendo ao usuário a possibilidade de realizar operações como navegação, interação e imersão. Um sistema de RV envolve estudos e recursos ligados com percepção, hardware, software, interface do usuário, fatores humanos e aplicações. Apesar da variedade de aplicações de RV identificados na literatura, existe uma carência de pesquisas relacionada à definição e automatização de critérios de teste de software no escopo de sistemas de RV, devido esses sistemas possuírem características próprias (requisitos peculiares) que requerem definição ou adaptação de técnicas de teste, fazendo com que aplicações nesse domínio constituam sistemas de alta complexidade. Este projeto de doutorado que vem sendo conduzido visa à definição de critérios de teste para auxiliar o desenvolvedor na criação ou avaliação de conjuntos de dados de teste no escopo de sistemas de RV. Para atingir o objetivo deste projeto, pretende-se implementar uma ferramenta capaz de automatizar os critérios definidos para sistemas no domínio de RV. Ao final do trabalho, espera-se contribuir com a área da Engenharia de Software e de Realidade Virtual por meio de avaliações empíricas e experimentos acerca da aplicabilidade dessa ferramenta para sistemas de RV. Além disso, a implementação dessa ferramenta abre a possibilidade de transferência tecnológica da academia para a indústria. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.