Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização de genes humanos como potencial chaperona com função desagregase

Processo: 13/10939-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2013
Vigência (Término): 16 de janeiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Carlos Henrique Inacio Ramos
Beneficiário:Josielle Abrahão
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/50161-8 - Estudo da estrutura e função da chaperona Hsp90 com ênfase no seu papel em homeostase celular, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):15/13521-4 - Caracterização funcional do complexo R2TP em diferentes organismos, BE.EP.DR
Assunto(s):Chaperonas moleculares   Príons   Amiloide

Resumo

Um número cada vez maior de doenças tem sido correlacionado com a agregação e o enovelamento incorreto de proteínas. Para se proteger destes fatores existe nas células um conjunto de proteínas conhecidas como chaperonas moleculares que estão intrinsicamente envolvidas com a homeostase proteica. Estas proteínas auxiliam o enovelamento proteico e participam de diversos outros processos celulares como translocação e sinalização. Entre as mais formidáveis funções destas chaperonas está a capacidade de desagregar proteínas amilóides. A chaperona que possui esta função pertence à família da Hsp100 e é chamada de desagregase. Esta chaperona está presente em procariotos, plantas e em alguns parasitas, mas curiosamente não em animais. O presente trabalho tem como objetivo ampliar a compreensão do mecanismo de uma proteína humana, atualmente conhecida como 'human ClpB homolog' que em resultados recentes do nosso grupo apresentou função e complementação de leveduras que tiveram o gene da desagregase nativa deletado, para definitivamente estabelecer esta proteína como uma chaperona molecular desagregase. Pelo potencial das desagregases em ressolubilizar agregados proteicos pode-se sugerir sua utilização em terapias contra doenças conformacionais, como o mal de Alzheimer e a doença de Parkinson. As estratégias experimentais a serem usadas compreendem: avaliação dos níveis de expressão em células HeLa em condições de estresse; silenciamento de expressão por 'RNAi knock-down'; expressão heteróloga com tag de histidina em levedura para co-purificação de interatores; e estabelecer metodologia para purificação da proteína solúvel para estudos estruturais e funcionais in vitro. Além disso, levando-se em conta que há uma hipótese de que os animais poderiam possuir diversas desagregases com 'baixa atividade' ao invés de uma única desagregase de 'alta atividade', outro objetivo desta proposta será testar um ou mais genes candidatos. Por fim, a realização desta proposta contribuirá significativamente para a compreensão dos mecanismos de ação desta proteína em humanos, pois atualmente a literatura apresenta apenas três artigos que reportam a função desta proteína que será estudada em metazoários. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.